Hoje à noite, na Star Wars Celebration, evento especial dedicado apenas a Star Wars foi revelado, finalmente, o título e o primeiro trailer de Episódio IX, o filme que irá “encerrar” a saga: Star Wars – A Ascensão Skywalker. Veja o vídeo e vamos comentar o que vem por aí. Do que se trata o novo filme?

O trailer – um teaser curto – mostra apenas algumas coisas, mas é o bastante. A narração é Luke Skywalker, o mestre Jedi que foi o herói da trilogia clássica e que, após uma aparição relâmpago (1 segundo) em O Despertar da Força (2015) foi um dos protagonistas de Os Últimos Jedi (2017), que causou confusão nos fãs ao mostrar sua morte no final.

Assim como outros antes dele, como o Mestre Yoda, que também aparece em Os Últimos Jedi, Luke Skywalker se transformou em um Fantasma da Força e pode se comunicar com aqueles sensíveis à Força. E sua fala no trailer é de uma conversa com Rey:

Passamos adiante tudo o que sabemos. Mil gerações vivem em você agora. Mas esta é a sua luta. Nós sempre estaremos com você. Ninguém se vai totalmente!

É uma fala emocionante, mas traz em si muitas coisas.

Em primeiro lugar, que os Jedi realmente acabaram. Com a morte de Luke, Rey não é uma Jedi no sentido clássico e ela irá, portanto, criar uma nova ordem, um novo estilo. É por isso que o filme se chama A Ascensão Skywalker: porque Rey irá chamar essa nova geração de sensitivos à Força de Skywalker (caminhantes do céu) .

A Resistência ganhou um sopro de esperança ao fim de Os Últimos Jedi e deve estar se reorganizando e buscando velhos aliados, como Lando Calrissian, que aparece de volta, pilotando a Millenium Falcon ao lado de Chewbacca.

Lando apareceu pela primeira vez em O Império Contra-Ataca (Episódio V – 1980) e, depois de um início vacilante, abraça a Rebelião e é o responsável por destruir a segunda Estrela da Morte em Endor, em O Retorno de Jedi (Episódio VI – 1983). O personagem esteve ausente da Nova Trilogia, mas apareceu recentemente em uma versão jovem em Han Solo – Uma História Star Wars (2018).

Finn e Poe também aparecem em uma missão no vídeo, ao lado de C3-PO.

Mas a grande questão do trailer é quando Luke diz “ninguém se vai totalmente”. Neste momento, Rey, Finn e Poe contemplam a carcaça da velha Estrela da Morte – não dá para saber se é a primeira ou a segunda: presumivelmente, tanto uma quanto outra podiam ter caído em Yavin e em Endor, respectivamente, mas ambos são planetas florestais e os heróis estão em um planeta de vegetação mais rasteira e menos ensolarado.

Logo em seguida, aparece a inconfundível risada de Sheev Palpatine, ele mesmo, o Imperador e o grande vilão da saga. Se havia alguma dúvida nessa questão, o ator Ian McDiarmid apareceu no painel que apresentou o trailer.

Como o Imperador sobreviveu? A resposta está em A Vingança dos Sith (Episódio III – 2005): o então Chanceler Palpatine conta ao seu aprendiz, Anakin Skywalker que é possível enganar a morte e que um Mestre Sith fez isso (presumivelmente, seu próprio mestre). É a cartada final para que Anakin caia ao Lado Sombrio da Força, na esperança de impedir a morte da esposa Padmée Amidala, que antevia que morreria por meio de visões do futuro. Anakin se volta contra o Conselho Jedi, mata quase todos os cavaleiros da ordem e assume o manto de Darth Vader, o terror do Império e braço direito de Palpatine.

Vinte e quatro anos depois disso, o filho de Vader, Luke Skywalker consegue convencer o pai a ajudá-lo e os dois derrotam o Imperador, com Vader lançando Palpatine no núcleo de energia da segunda Estrela da Morte instantes antes de Lando a explodir.

Palpatine, portanto, virou um Fantasma (Maligno) da Força. E tal qual os Sith são “invisíveis” aos Jedi, provavelmente, seu espírito também o é. Então, é ele quem está por trás dos planos de Snoke – seria Snoke um tipo de clone de Palpatine? Uma versão corpórea? Talvez…

Como já está sendo especulado na internet, o Imperador deve ter influenciado os atos de Kylo Ren, cujo o nome verdadeiro é Ben Solo, filho de Leia e sobrinho de Luke, a seguir os passos do avô, Darth Vader. Kylo parecia relutante no filme passado, mas talvez tenha retomado o caminho agora.

Será que veremos uma luta final entre Rey e Kylo no plano físico e outra entre Luke e Palpatine no plano espiritual? Eu diria que sim!