Morreu o promotor Michael Lang, um dos criadores e principal força motriz do lendário Festival de Woodstock, realizado em 1969.

Lang, que tinha 77 anos, morreu vítima de um linfoma não-Hodgkin na noite de sábado (dia 08) no Memorial Sloan kettering Cancer Center, em Nova York.

Lang tinha apenas 25 anos de idade quando se reuniu a Artie Kornfeld, John Roberts e Joel Rosenman e alugaram a fazenda de Max Yasgur na cidade de Bethel (que na verdade, é vizinha a cidade de Woodstock), no nordeste do estado de Nova York, nos EUA, para a realização do festival que tinha como subtítulo “três dias de paz, amor e arte”. Lang e seus amigos souberam captar o espírito do momento e perceberem que os festivais como o de Monterrey em São Francisco em 1967 e o Festival da Ilha de Wight, na Inglaterra, em 1968, emergiam como novo pontos altos do movimento da contracultura, dos hippies e do rock de natureza rebelde e combativa.

Realizado em agosto de 1969, o Festival de Woodstock entrou para a história como apogeu da era dos festivais, do movimento hippie e do sonho de paz e amor da contracultura e do rock, trazendo atrações lendárias, como Jimi Hendrix, Janis Joplin, Crosby, Stills, Nash & Young, The Who, Santana, Joe Cocker, Jefferson Airplane, Creedence Clearwater Revival e muito mais. Um público de quase 500 mil pessoas num clima pacífico a despeito do caos de falta de infraestrutura (o festival foi pensado para ter público de 30 mil pessoas!!!!) criou uma imagem positiva do evento, multiplicada pelo documentário de Michael Wadleigh lançado em 1970 (hoje, disponível em uma fantástica versão de 3 horas de duração!) e num bombástico álbum ao vivo triplo.

Infelizmente, Lang e sua trupe nunca conseguiram reprisar aquele momento mágico. O promotor ainda replicou outras versões de Woodstock, em 1994 e em 1999, que não foram memoráveis, e em 2019 tentou realizar uma versão comemorativa de 50 anos, que fracassou pela pouca quantidade de atrações importantes, dificuldade em conseguir uma licença para acontecer e de um local para abrigar os shows, resultando no cancelamento do evento, como o HQRock noticiou na época.