Cartaz de "Primeira Classe".

O quinto filme da franquia dos super-heróis mutantes da Marvel Comics bancada pela 20th Century Fox estreia na sexta-feira com X-Men – Primeira Classe, com as origens da equipe. Ambientado nos anos 1960, a trama mostra o passado de Charles Xavier (James McAvoid) e Erik Lehnsherr (Michael Fassbender); como se conheceram; como reúnem uma série de mutantes para treiná-los no uso de seus poderes; vão trabalhar junto ao Governo dos Estados Unidos; e enfrentar o Clube do Inferno.

Munidos apenas das informações que temos sobre o filme até agora, o HQRock arrisca uma comparação entre as personagens do filme e suas versões futuras (na trilogia original) e nos quadrinhos.

Charles Xavier nos quadrinhos.

CHARLES XAVIER

Nos quadrinhos: Criado por Stan Lee e Jack Kirby na primeira história dos X-Men em 1963. Dotado de poderes telepáticos e sempre descrito como “a mente mais poderosa do planeta”, é filho de um cientista e herdeiro de grande fortuna, Charles Xavier combateu no Oriente Médio e ficou ferido. Iniciou, assim, uma peregrinação pelo Oriente, Israel e Egito que lhe levou a tomar contato com vários outros mutantes como ele, dentre os quais, Erik Lehnsherr. Os dois se tornam amigos, combatem ex-nazistas e pensam em montar um grupo de jovens mutantes para treiná-los, mas a visão radical de supremacia de Lehnsherr se choca com o ideal pacifista de convivência pacífica de Xavier. No fim das contas, Lehnsherr parte para montar uma célula terrorista, enquanto Xavier volta aos Estados Unidos para transformar sua enorme residÊncia em uma Escola para Jovens Superdotados, como fachada para treinar mutantes.

Xavier na trilogia, vivido por Patrick Stewart.
O jovem Xavier de James McAvoy.

Na trilogia: Aparentemente, a história de background é mais ou menos a mesma.

Primeira Classe: Vai contar em detalhes essa história, mas com personagens que, nos quadrinhos, só apareceriam muito depois, como Mística, por exemplo.

Close de Magneto por Jim Lee.

ERIK LEHNSHERR

Nos quadrinhos: Também criado por Lee e Kirby em Uncanny X-Men 01. Nascido no Leste Europeu, provavelmente na Polônia, teve toda a sua família morta em um Campo de Concentração Nazista na II Guerra Mundial, onde descobre seus poderes mutantes de manipular objetos metálicos e a força eletromagnética. Sai de lá disposto a se vingar de seus opressores, mas encontra o amor em uma pequena vila, com a mulher chamada Magda. Ele se casa e tem uma filha, mas quando os habitantes da vila descobrem seus poderes incendeiam sua casa e matam a criança. Lehnsherr, num momento de fúria, mata todos os habitantes, deixando apenas Magda viva. Horrorizada, ela o abandona imediatamente. Erik não sabe, mas a moça estava grávida de um casal de gêmeos. Temendo os bebês fossem encontrados por ele, a moça os doa a um casal de ciganos chamados Maximoff, que os batizam como Wanda e Pietro. Lehnsherr parte para Israel e lá conhece Charles Xavier e Moira McTaggert quando todos trabalham em um hospital. Após travarem uma grande amizade e compartilharem seus poderes mutantes, Lehnsherr e Xavier combatem nazistas e pensam em treinar mutantes, mas como

Magneto na trilogia, vivido por Ian McKellen.

discorda dos métodos pacifistas do amigo, volta à Europa para se preparar para o futuro. No velho continente, encontra seus filhos perdidos e, sem que eles saibam, passa a monitorá-los. Mais tarde, já assumindo a identidade de Magneto, um terrorista internacional, começa a recrutar mutantes para formar uma Irmandade e inclui os filhos, agora chamados Mercúrio e Feiticeira Escarlate, sem que esses saibam que ele é seu pai. Magneto tenta invadir uma base de mísseis nos EUA e é impedido pelos X-Men de Xavier. Em seguida, a Irmandade de Mutantes invade uma pequena república europeia e toma o poder e novamente são confrontados pelos X-Men e expulsos. As batalhas se seguem, mas seus filhos decidem deixar a vida de crimes e se regenerar, sendo admitidos na superequipe Os Vingadores.

Erik Lehnsherr prestes a se tornar Magneto em "Primeira Classe", vivido por Michael Fassbander.

Na trilogia: O background de Magneto aparentemente é o mesmo, com o passado no Campo de Concentração e o encontro posterior com Xavier, mas menos detalhado. Também não há nenhuma menção aos seus filhos.

Primeira Classe: Aparentemente, no início do filme, Lehnsherr é mostrado como um caçador de nazistas e seu encontro com Xavier e sua participação na fundação dos X-Men é detalhada.

Mística nos quadrinhos.

MÍSTICA

Nos quadrinhos: Criada por Chris Claremont e Dave Crockum, em 1978, Raven Darkholme fundou a segunda formação da Irmandade de Mutantes (sem Magneto). De cabelos vermelhos e pele azul, tem a habilidade de assumir qualquer forma corporal. Sendo bem mais velha do que aparenta, Mística teve vários filhos, inclusive o membro dos X-Men Noturno e outro com o vilão Victor Creed (o Dentes de Sabre, inimigo de Wolverine), que ela mesmo matou quando o jovem virou um ativista contra os mutantes. Além disso, ela adotou a adolescente Vampira, que agiu na Irmandade, mas depois, se arrempendeu dos crimes e virou membro dos X-Men. Inclusive, em sua longa passagem delos títulos da equipe mutante, Claremont deu pistas de que Mística e Sina tinham uma “relação profunda”, deixando implícito que teriam um relacionamento, de modo que ela é uma das primeiras personagens lésbicas dos quadrinhos. Mas esse “detalhe” foi ignorado por escritores posteriores. Mística agiu como uma terrorista até ser presa e ser obrigada pelo governo a virar uma agente federal. Depois, continuou agindo à margem da lei.

Mística na trilogia.

Na trilogia: É o braço direito de Magneto na Irmandade. Contracenou com Noturno em X-Men 2, mas não há nenhuma menção de que sejam parentes.

Versão jovem de Mística, ainda aliada a Xavier.

Primeira Classe: Ainda criança, Mística é o primeiro outro mutante encontrado por Charles Xavier. Ela atua como sua assistente e, ao que parece, tem um caso com o Fera. Mudará de lado ainda nesse filme?

Sebastian Shaw nos quadrinhos.

SEBASTIAN SHAW

Nos quadrinhos: Líder e mais famoso membro do Clube do Inferno, grupo que reúne magnatas poderosos e inescrupulosos determinados a ampliar seus poderes. Organizados como um tabuleiro de xadrez, Shaw é o Rei Negro. Criado por Claremont e Byrne, seu poder é o de canalisar e redirecionar qualquer tipo de energia.

Sebastian Shaw (Kevin Bacon) com Emma Frost (January Jones), numa rara ocasião, vestida.

Na trilogia: Não aparece.

Primeira Classe: Não está muito claro o seu papel, mas é o principal vilão e pertence ao Clube do Inferno.

Emma Frost quando ainda era uma vilã, na arte de John Byrne.

EMMA FROST

Nos quadrinhos: Rainha Branca do Clube do Inferno, Emma Frost também foi criada por Claremont e Byrne e, além de poderosos poderes telepáticos, pode transformar a pele em diamante. Inicialmente uma vilã, ela montou um grupo de jovens adolescentes mutantes para treiná-los, chamados de Satânicos, em concorrência aos Novos Mutantes de Xavier. Contudo, a morte de todos os Satânicos em uma missão iniciou uma transformação na personalidade dela, que lentamente foi se convertendo em uma aliada de Xavier. Na fase escrita por Grant Morrison a partir de 2000, ela passou a ingressar a principal equipe dos X-Men e, com a morte de Jean Grey, tornou-se namorada do líder Ciclope.

Versões adolescentes de Emma Frost e Ciclope em "X-Men Origens - Wolverine".

Na trilogia: Não aparece, mas há uma Emma Frost adolescente em X-Men Origens – Wolverine, que (numa livre adaptação) é irmã da Raposa Prateada que namora o protagonista.

Primeira Classe: Aparentemente é uma vilã ao lado de Sebastian Shaw. Se ela tem alguma relação com a Emma Frost de Wolverine ou se as duas são a mesma personagem não está claro. Também não se sabe qual a justificativa para andar de calcinha e sutiã para todo o lado em plenos anos 1960, como mostram as imagens.

Emma Frost em "Primeira Classe".
Fera e Emma Frost na linha de frente dos X-Men hoje.

FERA

Nos quadrinhos: Criado por Lee e Kirby em Uncanny X-Men 01, Hank McCoy é um jovem brilhante que possui aparência animalesca. Foi um dos membros fundadores dos X-Men, mas depois se afastou da equipe para trabalhar em um laboratório. Uma experiência mal sucedida terminou por dotar seu corpo de pêlos azuis, tornando ainda mais parecido com uma fera. Ingressou outras equipes do Universo Marvel, como os Vingadores e os Novos Defensores até voltar a se envolver com os X-Men. Seu processo de mutação parece ainda não ter terminado, pois no arco de histórias de Grant Morrison voltou a sofrer uma metamorfose que o deixou ainda mais bestial. Apesar da aparência, entretanto, McCoy tem um comportamento doce e é um dos mais nobres membros da equipe.

Fera e o Presidente dos EUA em "X-Men - O Confronto Final".

Na trilogia: Embora citado em X-Men 2, o Fera só apareceu de verdade em X-Men – O Confronto Final, onde é um assessor especial do Governo dos Estados Unidos para a questão mutante.

Primeira Classe: Inicia o filme com a aparência de um adolescente normal, mas sofre sua primeira metamorfose ao longo da trama. Aparentemente, tem um envolvimento com Mística.

Hank McCoy (de óculos) antes da metamorfose...
...e depois com seus pêlos azuis.
Azazel nos quadrinhos...

AZAZEL

Nos quadrinhos: Personagem mais recente, foi criado por Chuck Austen em 2003. Azazel faz parte de uma longeva linhagem de mutantes com aparência demoníaca que foi exilado em uma outra dimensão. Por causa de sua habilidade de teleporte, pôde vir à Terra várias vezes, permanecendo por pouco tempo. Numa das estadas conheceu e se apaixonou por Mística, na época, vivendo como uma humana normal na Alemanha e casada com um Barão. Os dois tiveram um caso que resultou no engravidamento dela. Após Azazel partir, o marido de Mística começou a desconfiar de algo estranho, então, ela o matou e escondeu seu corpo. A criança nasceu em um parto difícil e a verdadeira aparência de Mística foi revelada. Enquanto fugia, a mutante tentou matar a criança, que foi criada por outra família e seria o futuro X-Men, Noturno.

...e no filme.

Na trilogia: Não aparece.

Primeira Classe: Azazel é aliado de Shaw e Emma Frost. Apesar de aparentar ser bem mais velho do que a Mística do filme, não é impossível algum envolvimento na trama.

Banshee nos quadrinhos...

BANSHEE

Nos quadrinhos: Sean Cassady foi criado por Roy Thomas e Werner Roth, em 1966, Banshee foi apresentado como um mutante irlandês acusado de um crime que não cometeu, o que lhe deu a fama de bandido. Quando Charles Xavier precisou reunir uma segunda geração de X-Men para resgatar os membros originais de um poderoso inimigo, numa história de Len Wein e Dave Crockum, foi um dos escolhidos e permanceu como membro da equipe até o meio da fase de Claremont e Byrne. Após danificar as cordas vocais em uma missão, Banshee viajou a Ilha Muir para ajudar o trabalho da cientista Moira McTaggert, uma das maiores aliadas de Xavier. Sean e Moira terminaram se casando, mas ele voltou a se envolver com os X-Men várias vezes depois. Cassady também tem uma filha adolescente, chamada Siren, que atuou junto aos X-Men.

... e no filme.

Na trilogia: Banshee não aparece, mas Siren sim, em uma única cena em X-Men 2.

Primeira Classe: É um dos adolescentes recrutados por Xavier e Lehnsherr para a equipe. Os trailers mostram cenas dele voando e usando a “manga-morcego” que lhe é característica.

As várias fases de Destrutor nos quadrinhos: irmão caçula de Ciclope.

DESTRUTOR

Nos quadrinhos: Irmão cacula de Scott Summers (o líder dos X-Men, Ciclope), Alex Summers também foi enviado para o orfanato após a morte dos pais de ambos, mas ao contrário de Scott, Alex foi adotado. Os dois mantiveram algum contato e, mais tarde, (numa clássica história de Roy Thomas e Neal Adams), Alex Summers descobriu que também era um mutante, dotado de rajadas de energia como seu irmão, só que liberadas de seu corpo e não dos olhos. Participando eventualmente dos X-Men, Alex Summers só veio a se integrar de fato à equipe bem mais tarde, em histórias de Chris Claremont e Mark Silvestri. Depois, quando Xavier decidiu transformar a equipe X-Factor para ser um canal direto dos mutantes com o Governo dos EUA, Alex foi o escolhido para liderá-la, em histórias de tom humorístico escritas por Peter David.

Alex Summers usando seus poderes no filme.

Na trilogia: Não há nenhuma menção a Alex Summers em nenhum dos filmes, nem em Wolverine.

Primeira Classe: O filme inverte a ordem dos irmãos, e Alex Summers se torna o irmão mais velho de Scott Summers, que vai liderar os X-Men no futuro (trilogia). A diferença de idade, entretanto, parece ser muito grande, pois o filme se passa nos anos 1960 e a trilogia nos anos 2000.