Uma das atrações no Rock In Rio, a clássica banda de rock progressivo King Crimson finalmente terá sua discografia lançada no Spotify e em outras plataformas de streaming. O evento é parte das comemorações dos 50 anos de atividade do célebre e cult grupo britânico.

Segundo o Tech Ao Minuto, o anúncio foi realizado pelo empresário da banda, David Singleton, que justificou a demora pelo fato de que – ao contrário do que é alardeado na indústria musical – as vendas físicas do material da banda ainda correm muito bem; ao mesmo tempo em que reconhece que as plataformas de streaming são o caminho pelo qual os mais jovens consomem mais música nos dias de hoje.

Cabe um comentário à fala do empresário: de fato, quem sustenta as vendas de música física no mercado atual, em particular dos milionários LPs de vinil (que custam entre 200 e 300 reais no Brasil, por exemplo) são ouvintes colecionadores e audiófilos, que preferem o som do vinil às reproduções (de mais baixa qualidade) de CDs e (menos qualidade ainda) em MP3 e streamings. Esse tipo de fã gosta de musicalidades densas e elaboradas como a do King Crimson, um dos criadores do rock progressivo.

Mas não existem em quantidade o suficiente para sustentar um grande mercado e, como se apresentam com faixas etárias mais altas, correm o risco de desaparecer com o tempo; enquanto os jovens preferem playlists randômicas no Spotify e congêneres.

Não foi dada uma data específica para a chegada do belíssimo material do King Crimson às plataformas digitais, apenas que começará pelo Spotify e, depois, chegará às outras, como a Apple Music. Atualmente, a banda até tem um perfil no Spotify, mas apenas com gravações ao vivo e material lançado recentemente, sem seus discos clássicos.

O King Crimson vai encerrar o Palco Sunset do Rock In Rio, no dia 06 de outubro, no evento que ocorre na Vila Olímpica, no Rio de Janeiro, nos dias 27, 28 e 29 de setembro, e 3, 4, 5 e 6 de outubro. Os ingressos começam a ser vendidos amanhã, dia 11 de abril.

Capa de In the Court of Crimson King, de 1969.

O King Crimson lançou seu primeiro álbum em 1969In The Court of Crimson King,considerado um dos primeiros álbuns realmente de rock progressivo (e não somente psicodélico). Liderado pelo guitarrista Robert Fripp, o grupo sempre mudou bastante de formação, passando por ele grandes músicos, como Greg Lake(vocais e baixo), Ian McDonald (teclados), Bill Brufford (bateria), John Wetton(vocais e baixo) e muitos outros. A banda chegou a fazer uma pausa em 1975, só voltando em 1981, e desde então, mantém alternâncias entre atividades e pausas.