Começaram as filmagens de Viúva Negra, o filme solo da amada heroína, membro dos Vingadores. Embora o longa nunca sequer tenha sido confirmado pelo Marvel Studios, imagens no Twitter já começaram a borbulhar com Scarlett Johansson vivendo a espiã mais uma vez.

As imagens mostram Johansson já paramentada como Natasha Romanoff, ostentando cabelos ruivos e longos e usando roupas civis. As filmagens estão ocorrendo na cidade de Saebo, na Ilha de Vigra, na Noruega, e os comentadores já se apressaram em dizer que o local “dublará” a terra natal da personagem, a Rússia.

Até então, se pensava com firmeza que Viúva Negra seria um filme de origem de Natasha Romanoff, porém, nas últimas semanas, a despeito do destino da personagem em Vingadores – Ultimato, começaram a surgir rumores de que o longa se passará na verdade mais próximo do presente, situado entre os eventos de Capitão América – Guerra Civil (2016) e Vingadores – Guerra Infinita (2017).

Nada nas imagens confirma ou nega essas informações, a despeito do visual tradicional de Romanoff (mais presente do que passado, digamos), porém, podemos fazer algumas considerações.

Fazer um filme mais próximo do presente seria uma estratégia para evitar que seja necessário rejuvenescer digitalmente Scarlett Johansson para que ela interprete uma versão mais jovem, quiçá adolescente, de Natasha. Com parte do filme no presente, é possível desenvolver um terço da história no passado com efeitos visuais sem encarecer demais o projeto.

Caso seja este o caso, uma trama básica se delineia facilmente: enquanto se torna uma fora da lei por suas ações em Capitão América – Guerra Civil, Natasha entra em contato forçado com seu passado – aposta: descobre que o Programa Sala Vermelha ou ainda existe ou foi reativado (talvez, até como resposta aos Acordos de Sakovia) – e precisa encará-lo sozinha. Enquanto faz isso, lembra e apresenta ao espectador seu passado misterioso e suas origens. Nada mal.

Imagens da atriz loira também reforçam a ideia temporal, mas é preciso lembrar que as imagens circulantes mostram Johansson loira dentro de um carro e a atriz é loira na vida real, parecendo muito mais ela chegando aos sets de filmagem ao natural, para depois vestir sua peruca ruiva.

Os comentadores apostam que Florence Pugh viverá Yelena Belova, personagem dos quadrinhos que é outra vítima da Sala Vermelha e virou uma nova Viúva Negra depois que Natasha desertou da Rússia para se juntar à SHIELD. Daí o reforço à trama do passado que volta à tona.

Outros rumores apontam André Holland (de Moonlight) como o vilão Tony Masters, o Treinador, que poderia ser adaptado no filme como um treinador da HIDRA ou algo assim.

É muito provável, ainda que Samuel L. Jackson e Jeremy Renner reprisem seus papeis de Nick Fury e Clint Barton em Viúva Negra, especialmente, porque este último teria sido o responsável por “resgatar” Natasha das mãos dos russos, quando desistiu da missão de matá-la. A Viúva Negra era, então, a maior assassina do mundo, mas o futuro Gavião Arqueiro enxergou bondade nela.

Black Widow será dirigido por Cate Shortland a partir de um roteiro de Jac Schaeffer e Ned Benson, e o elenco só tem, além de Scarlett Johansson, Florence Pugh, Rachel Weisz, David Harbour e André Holland, nenhum dos quais com papeis definidos. O lançamento deve ocorrer em 2020.