O Capitão América de Chris Evans: sequências podem permanecer na II Guerra, enquanto o personagem aparece no "presente" em "Os Vingadores".

Num post de 11/02, o HQRock informou que, apesar de Capitão América – O Primeiro Vingador sequer ter estreado; sua sequência, Capitão América 2 já teve os roteiristas contratados. O Marvel Studios contratou os mesmos Christopher Markus e Stephen McFeely do primeiro filme para escrever sua continuação.

Agora, Christopher Markus fala à MTV comentando as opções de uma história. É que, como todo mundo sabe, no final da II Guerra Mundial, o Capitão América termina congelado e só é descongelado décadas depois, nos dias atuais, quando encontrado pelos Vingadores.

O Caveira Vermelha de Hugo Weaving.

A linha cronológica que os filmes do Marvel Studios estão construindo seguirá a mesma trama básica definida em Avengers 04, de 1964, escrita por Stan Lee e Jack Kirby, na qual a equipe de Homem de Ferro, Thor e Hulk encontra o Capitão América congelado.

Assim, enquanto em O Primeiro Vingador veremos Steve Rogers (Chris Evans) atuando em plena II Guerra Mundial e combatendo o Caveira Vermelha (Hugo Weaving) e os Nazistas, em Os Vingadores (que estreará em 2012 e começa a ser filmado nos próximos dias) o veremos nos dias de hoje, interagindo com o Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), Thor (Chris Hemsworth), Hulk (Mark Ruffalo), Nick Fury (Samuel L. Jackson) e a Viúva Negra (Scartlet Johansson).

Entretanto, o roteirista Markus não descarta que Capitão América 2 permaneça no passado, explorando outros eventos da II Guerra Mundial. Tal medida seria interessante, pois veríamos duas interpretações diferenciadas do personagem: em seu ambiente natural (o passado) e o de um homem perdido no tempo (o presente), que acordou 60 anos depois e descobriu que todos os que conhecia já morreram e não conhece nada sobre o novo mundo. Isso exigiria bastante atuação de Chris Evans, mas seria um bom desafio.

Os Vingadores resgatam o Capitão América do gelo em "Avengers 04": texto de Stan Lee e arte de Jack Kirby.

É importante lembrar, também, que a Marvel Comics fez a mesma estratégia nos quadrinhos. Após aparecer em Avengers 04, Stan Lee e Jack Kirby escreveram várias histórias do personagem situado na II Guerra Mundial como modo de introduzi-lo aos novos leitores (o personagem havia sido publicado originalmente entre 1941 e 1949, com uma curta “retomada” entre 1953 e 1954).

Escritores posteriores – particularmente Roy Thomas e John Buscema (em Avengers), o mesmo Thomas e Frank Robbins (em The Invaders) e Steve Englehart e Sal Buscema (em Captain America) – também exploraram eventos do Capitão América na II Guerra Mundial que implicam em suas aventuras atuais. (Para detalhes, veja o post sobre os 70 anos do Capitão América, aqui no HQRock).

No cinema, o que irá decidir se as aventuras solo do Capitão América se passarão no passado ou no presente será a bilheteria de O Primeiro Vingador. Se a transposição de um super-herói para os anos 1940 agradar público e crítica, o Marvel Studios possivelmente manterá a fórmula.