Assaltante vestido como Hulk.

Funcionários do banco Northwest Savings, na cidade de Hamburg, no Estado de Nova York, nos EUA, foram surpreendidos ontem, quando o Incrível Hulk invadiu o estabelecimento e roubou dinheiro. De acordo com uma emissora de TV de Buffalo, as câmeras do circuito interno flagraram um homem usando uma máscara com o rosto do atormentado super-herói da Marvel Comics, popular nos quadrinhos, TV e cinema.

De acordo com a polícia, o homem usava jaqueta marrom e máscara e aparentava ser branco e estar na casa dos 20 anos. A quantidade de dinheiro roubada não foi informada, mas o Hulk chegou ao caixa com uma arma, obrigando o funcionário a colocar o dinheiro em um saco. O criminoso fugiu a pé.

A busca pela polícia continua.

Será este o momento em que os super-heróis se voltam para o mal?

O Hulk nos quadrinhos, na arte de Mike Deodato Jr.

O Hulk foi criado por Stan Lee e Jack Kirby em 1962, completando este ano redondos 50 anos. Na trama, o cientista Dr. Bruce Banner cria uma poderosa bomba de raios gama, mas termina sendo atingido por ela e se transformando numa criatura verde, semiirracional e de devastador poder, com uma força quase ilimitada. O monstro é pura fúria, que é a expressão de uma série de sentimentos reprimidos pelo recatado cientista, que tem um passado conturbado de abusos pelo pai, que matou sua mãe, e criou no jovem a incapacidade de demonstrar emoções. Essas emoções, contudo, explodem quando se transforma no Hulk.

Ao longo dos anos, sua revista foi uma das mais populares da editora, sendo produzida por escritores como Roy Thomas, Len Wein, Roger Stern, Bill Mantlo, John Byrne, Peter David, Paul Jerkins, Bruce Jones, Greg Pak e Jeph Loeb e desenhistas como Steve Ditko, Marie Severin, Gil Kane, John Buscema, Herb Trimpe, Sal Buscema, John Byrne, Todd McFarlane, Dale Keown, Gary Frank, Andy Kubert, o brasileiro Mike Deodato Jr., John Romita Jr. e Ed McGuiness.

Atualmente, é publicado na revista The Incredible Hulk (vol 03), escrito por Jason Aaron e desenhado por Mark Silvestri.

O personagem já foi adaptado para diversas mídias diferentes, como desenhos animados. Entre 1977 e 1981, fez sucesso uma série de TV com atores, veinculada na CBS e estrelada por Bil Bixby e Lou Ferrigno, respectivamente nos papeis de Banner e Hulk. Nos anos 1980, a mesma equipe produziu, ainda, uma trilogia de filmes para a TV, que encerrou a trama da série.

O antiherói chegou aos cinemas em 2003, em Hulk, numa produção da Universal Pictures, dirigida pelo aclamado Ang Lee (de O Tigre e o Dragão e O Segredo de Brokeback Mountain) e estrelado por Eric Bana (Bruce Banner), Jennifer Connelly (Betty Ross) e Sam Elliot (Gen. Ross). O filme investiu no aspecto psicológico do personagem, mas não foi tão bem nas bilheterias, de modo que o estúdio desistiu de continuá-lo.

Primeira imagem oficial do Hulk de Os Vingadores.

Com isso, os direitos retornaram à Marvel Comics, que produziu um segundo filme por meio do Marvel Studios. O Incrível Hulk chegou aos cinemas em 2008, dirigido por Louis Leterrier, e com elenco formado por Edward Norton (Bruce Banner), Liv Tyler (Betty Ross) e William Hurt (Gen. Ross) e teve parte de suas cenas gravadas no Brasil. Desta vez, se apostou na ação e em um oponente físico para o gigante verde: o militar Emil Bronsky (Tim Roth) se transforma no Abominável.

Novamente, a bilheteria não foi espetacular, mas a produção serviu para reapresentar o personagem e introduzi-lo ao Universo Marvel dos Cinemas, de modo que o Hulk e o Dr. Bruce Banner, agora vivido por Mark Ruffalo, voltarão em Os Vingadores, o épico do Marvel Studios que reunirá nos cinemas pela primeira vez a equipe formada por Capitão América, Thor, Homem de Ferro e o Hulk, que sairá nos cinemas este ano de 2012, em junho.

Para saber mais sobre o Hulk nos cinemas, leia outro post do HQRock clicando aqui.