Impossibilitado de atualizações no período momino, o HQRock traz agora um clipping das principais notícias do mundo geek lançadas durante o carnaval. Se segure há grandes novidades sobre Os Vingadores, Gotham, e muito mais.

  • Viúva Negra: gravidez aparentemente não atrapalhará planos da Marvel. Será?
    Viúva Negra: gravidez aparentemente não atrapalhará planos da Marvel. Será?

    Os Vingadores – A Era de Ultron. A atriz Scarlett Johanssen está grávida. O anúncio oficial veio no fim de semana e logo preocupou os fãs, afinal, as filmagens do longa se iniciam no final de março, quando a atriz já deverá ter uns quatro meses de gestação. E a Marvel já havia informado que a Viúva Negra teria um papel de destaque no filme. Contudo, a própria Marvel se apressou que a gravidez não interferirá no esquema de gravação da atriz ou do filme.

  • Os jovens Bruce Wayne e Selina Kyle.
    Os jovens Bruce Wayne e Selina Kyle.

    Gotham. A série de TV  que mostrará a juventude do Comissário James Gordon e um Bruce Wayne no caminho para se tornar o Batman finalmente contratou seu herói pré-adolescente. O escolhido é David Mazouz (da série de TV Touch). Também foi contratada a versão pré-adolescente de Selina Kyle, a futura Mulher-Gato, que na série será uma moradora de rua e batedora de carteira. Será vivida pela novata Camren Bicondova.

  • The Flash: primeira imagem mostra o herói.
    The Flash: primeira imagem mostra o herói.

    The Flash. A série de TV do velocista escarlate da DC Comics teve sua primeira imagem oficial divulgada, mostrando um perfil do herói mascarado. A recepção do público foi ótima, porque o visual é muito fiel ao dos quadrinhos. Além disso, o produtor Greg Berlani anunciou via Twitter que as filmagens do Episódio Piloto já foram iniciadas.

  • X-Men – Dias de Um Futuro Esquecido. Mais uma vez, o astro Hugh Jackman foi questionado por quanto tempo permanecerá vivendo Wolverine nas telonas, já que reprisa o papel há 14 anos e sete filmes. Mais uma vez, o ator respondeu ao IGN que sabe que terá que parar em algum momento e que este momento pode estar próximo. Embora haja uma discussão acerca de uma sequência de Wolverine – Imortal e do fato de Dias de Um Futuro Esquecido ter até uma sequência já garantida (X-Men – Apocalipse, a ser lançada em 2016), não está 100% certo que Jackman participará desses filmes. A entrevista terminou revelando, ainda, que os produtores da 20th Century Fox chegaram a cogitar contratar um ator mais jovem para viver Wolverine em X-Men – Primeira Classe (na qual Jackman terminou fazendo uma ponta de alguns segundos). Por fim, Jackman disse (bem humorado) que tem ciência de que a decisão de viver ou não Wolverine mais uma vez não cabe somente a ele, e que a Fox pode simplesmente não convidá-lo mais ao papel.
  • Watchmen no cinema: clássico.
    Watchmen no cinema: clássico.

    Para terminar a rodada, uma pequena fofoca! Em uma entrevista este fim de semana, o produtor Joel Silver disse que a versão de Watchmen que desenvolveu com o diretor Terry Gillian (de O Fantástico Mundo do Dr. Parnasus e Os 12 Macacos) era muito melhor do que aquela realizada pelo diretor Zack Snyder (de 300 e Superman – O Homem de Aço), que chegou aos cinemas em 2009. Silver disse, inclusive, que sua versão mudaria o final da graphic novel, fazendo com que Ozzymandias convencesse o Dr. Manhattan a voltar no tempo e impedir seu próprio surgimento, de modo que os heróis de Watchmen jamais existissem. Assim, veríamos o presente modificado em que personagens como Rorscharch, Coruja e Espectral viviam em um mundo em que suas versões super-heroísticas eram apenas revistas em quadrinhos. Silver criticou Snyder por ter sido “escravo” do material original. O comentário chocou os fãs, que de antemão detestaram a opção de Silver e Gillam. E o HQRock compartilha essa opinião. Em resposta, o diretor Zack Snyder respondeu que fez sua versão de Wacthmen para livrar o mundo da versão de Joel Silver. E que este ainda é o seu próprio filme favorito. O mais interessante na versão de Snyder é que ele foi mesmo “escravo” do material original: o filme de 2009 é incrivelmente fiel à revista original, escrita por Alan Moore e desenhada por Dave Gibbons e lançada em 1986. Exceto pelo visual dos personagens (que convenhamos, ficaram muito melhores no cinema do que na versão antiquada de Gibbons) o filme é um resumo impressionante da maxissérie original, que tem 12 longos capítulos. Mas Snyder também mudou o final da história. Mas mudou de uma maneira menos chocante do que teria sido a versão de Joel Silver. Nos quadrinhos, o fim de Watchmen envolve o teletransporte de um monstro geneticamente alterado que causa um “choque psíquico” na cidade de Nova York e mata uma grande quantidade de pessoas. Sabendo ser impossível fazer isso convencer um público do cinema, Snyder manteve o mesmo plano, mas mudou o objeto: o que é transportado é uma bomba nuclear construída a partir da energia do Dr. Manhattan. Ponto para ele, ponto para o cinema, que ganhou um dos mais impressionantes filmes baseados em quadrinhos já feitos.

Com o fim do carnaval, o HQRock espera voltar à normalidade das postagens.

Um grande abraço a todos!