Mike Deodato Jr. é de Campina Grande

O desenhista brasileiro Mike Deodato Jr. será o primeiro artista nacional a ganhar um livro de arte da editora Marvel Comics, dos EUA, que publica Homem-Aranha, X-Men, Homem de Ferro, Capitão América, Thor, Hulk etc. Na verdade, são poucos os artistas que já ganharam um desses livros de arte: volumes grossos, com capa dura e acabamento de luxo.

Nascido como Deodato Taumaturgo Borges Filho, em 1963, em Campina Grande, na Paraíba, filho do também desenhista Deodato Borges, trabalhou com desenho desde os 15 anos de idade, publicando fanzines. Nos anos 1980, passou a trabalhar com jornais da Paraíba e, no início da década seguinte, foi um dos pioneiros artistas brasileiros a publicarem material nas editoras norte-americanas de super-heróis.

Depois de fazer trabalhos para editoras pequenas, estreou para o grande público na revista da Mulher-Maravilha, da DC Comics, em 1994. Logo em seguida, foi contratado pela Marvel, onde encontrou o sucesso. Inicialmente, na revista dos Vingadores  (1994-96), mas o “estouro” veio com Elektra e Hulk , entre 1996 e 1997. Desenhou também o Thor, num assustador arco de histórias escritas por Warren Ellis.

Capa de "The Marvel Art of Mike Deodato"
Elektra by Mike Deodato
Elektra foi um dos primeiros sucessos de Deodato nos anos 90

No mesmo período, ainda fez trabalhos escassos para a Image Comics (com Glory) e na DC, com histórias do Batman.

Após uma pausa, segundo o próprio autor porque o volume de trabalho lhe obrigou a contratar uma equipe de artistas para ajudá-lo e fez a qualidade cair, Deodato voltou à Marvel e dessa vez com sucesso total.

Entre 2003 e 2005, desenhou o Hulk de novo e o Homem-Aranha. Em 2006, foi a vez de New Avengers (os Novos Vingadores), a revista mais vendida da Marvel.

Wolverine by Mike Deodato
Deodato fez sucesso em uma rápida passagem pela revista "Wolverine Origins" em 2008. Também desenhou o personagem em "New Avengers".

No ano seguinte, retomou a parceria com o escritor Warren Ellis na revista Thunderbolts, que mostrava Norman Osborn (o Duende Verde, inimigo do Homem-Aranha) liderando uma equipe de criminosos para trabalhar para o governo. Outro grande sucesso. Essas histórias tiveram uma continuação em The Dark Avengers (Os Vingadores Sombrios, no Brasil), de 2010, na qual Osborn é tomado como herói pelo público e torna-se diretor da Shield, a principal agência de defesa do mundo nos quadrinhos da Marvel.

Mike Deodato abriu o mercado dos quadrinhos norte-americanos para artistas brasileiros e continua fazendo sucesso. Em seu rastro, desenhistas brasileiros como Al Rio, Roger Cruz, Ed Benes, Joe Bennett, Ivan Reis, Eddy Barrows, Luke Ross, puderam realizar seus sonhos de desenhar Superman, Batman, Homem-Aranha, Wolverine e companhia.

O livro The Marvel Art of Mike Deodato sai em abril nos Estados Unidos.

Um hipotético confronto entre Hulk (da Marvel) e Superman (da DC) por Deodato