Batman: iniciando a campanha viral.

Até agora, a campanha de marketing em torno de  Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge, o último capítulo da trilogia do homem-morcego comandada por Christopher Nolan, vem sendo pequena. Mas isso acaba de mudar: teve início a campanha viral do filme, que promete abalar a internet tal qual ocorreu com o filme anterior, Batman – O Cavaleiro das Trevas.

A campanha de Harvey Dent ocorreu em tempo real na internet.

Para quem não lembra, em 2008, a campanha viral deste possibilitou aos fãs acompanhar “em tempo real” a fictícia campanha eleitoral de Harvey Dent (Aaron Eckhart) ao cargo de Promotor Público de Gotham City (nos EUA, eles são eleitos em voto popular para mandato de quatro anos); ler o jornal The Gotham Times; assistir a um programa de TV com reportagens de “fofocas” sobre Bruce Wayne (Christian Bale), Comissário Gordon (Gary Oldman) e entrevistas com personalidades como o próprio Dent, outros candidatos ao cargo, o Prefeito de Gotham, Anthony Garcia (Nestor Carbonell) e até o “empresário” Salvatore Maroni (Eric Roberts), publicamente acusado de ser o chefão da máfia da cidade.

A primeira imagem de Bane, revelada no Twiitter.

Além de todo esse conteúdo na internet – mais tarde disponibilizado nas edições em vídeo do filme – houve também uma verdadeira guerra de perseguição ao vilão Coringa (Heath Ledger), na qual a produção fazia jogos em grandes cidades do mundo nas quais os fãs podiam “caçar ao tesouro”, seguindo pistas, e encontrar, por exemplo, um telefone celular que recebia chamadas da gangue do Coringa ou da polícia de Gotham.

Este ano, a produção de Ressurge tinha dado um único passo inicial na qual por meio do Twiitter, cada clique de um usuário revelava um pixel da primeira imagem oficial do vilão Bane (Tom Hardy).

O documento da CIA sobre o Dr. Leonid Pavel.

Agora, afora os elementos comuns de divulgação – um teaser trailer, uma reportagem na revista Empire – a produção do filme dá início a uma nova campanha viral em grande estilo: foi divulgado parte de um (fictício, é claro) relatório da CIA que traz informações sobre um tal de Dr. Leonid Pavel (Alon Abutbul), um cientista Russo.

Jornal "The Gotham Times" na campanha anterior.

No documento, há a descrição de uma conversa telefônica que informa que Pavel é especialista em física nuclear e que afirma estar sendo seguido, embora não se revele por quem. A CIA intermedia a ida do cientista aos EUA em troca de algo não revelado.

O que isso revela da trama. Ninguém sabe com certeza, mas o ator Alon Abutbul já tinha sido visto nos sets de filmagem e se especulava que ele fosse o cientista que criou o estranho artefato esférico usado por Bane no filme, que muitos acreditam ser uma “máquina de criar terremotos”, como uma evolução da máquina de microodas usada em Batman Begins. Outros pensam que o artefato pode ser simplesmente uma bomba nuclear.

Além disso, se especula que o personagem Nixon ([ou Finch?] Matthew Modine) é um agente da CIA. Será que Pavel é, na verdade, um operativo da Liga das Sombras liderada por Bane ou alguém que foge dela?

Também há quem especule que o Dr. Pavel seja uma versão de algum vilão mais tradicional do panteão do homem-morcego, como o Chapeleiro Louco ou Hugo Strange, assim como Sr. Zsasz fez uma pequena participação em Begins.

Gary Oldman como o Comissário Gordon.

Enquanto isso, o ator Gary Oldman vem dando muitas entrevistas, falando sobre o filme. Nesta, realizada pelo Crave Online, ele comenta a possibilidade de haver Batman 4 e Batman 5, embora sem a direção de Christopher Nolan:

Para nós [Ressurge] é o fim. Contudo, provavelmente, eles [Warner Bros.] farão mais. Quer dizer, eles não tem mais [Harry] Potter, então, poderia haver Batman 4 e 5. Talvez Chris [Nolan] supervisionasse em um cargo de produção, mas para nós [elenco] e para Chris [Nolan ou Bale], acho que é isto. É uma ótima maneira de fazê-lo. É uma grande história. É épica, é uma coisa épica. 

Irá Bane "quebrar" o Batman como nos quadrinhos?

Esse comentário tem causado muita especulação na internet, porque da maneira como Christopher Nolan e Christian Bale falam de modo determinado que Ressurge é o fim da saga de Batman e de Bruce Wayne, todos estão pensando na possibilidade de o homem-morcego simplesmente morrer no final do filme!

Afinal, o diretor comentou que Ressurge se passa oito anos após O Cavaleiro das Trevas, o que dá ao Batman uns nove anos de carreira na saga. Na abordagem realista do diretor é o suficiente para um homem comum ser consumido por esse “emprego”, não acham?

Qual é o real papel da Mulher-Gato? Vilã, amante, discípula, sucessora?

Outra possibilidade aviltada é que Bruce Wayne não morra, mas deixe de ser o Batman e passe a missão para outro, que poderia ser a Mulher-Gato (Anne Hathaway) ou mesmo o policial John Blake (Joseph Gordon-Levitt), que poderia terminar sendo um novo Batman ou um tipo de Robin/Asa Noturna.

Uma terceira possibilidade, que não exclui a segunda necessariamente, é o fato de Bruce Wayne terminar dado como morto. Quem conhece as histórias do Batman – quer conhecer? Leia sobre a cronologia do personagem aqui e sobre sua trajetória editorial aqui – percebe que muitos pequenos elementos das histórias clássicas do Batman estão dispersas nos filmes de Nolan.

Pelo o que sabemos sobre o filme, inclusive por meio do teaser trailer oficial, o Batman vai se ausentar de Gotham por um tempo por um motivo ainda ignorado, mas que muito provavelmente é uma surra de Bane, que o deixa bem debilitado (há fotos de Christian Bale usando bengala nos sets de Los Angeles).

John Blake e Bruce Wayne: poderia ser o policial um tipo de sucessor de Batman? Um Robin ou um Asa Noturna? Ou um novo Batman mesmo?

Em dado momento, o Batman “volta” – talvez daí venha o “ressurge” – para enfrentar Bane e a Liga das Sombras. O fato do filme se passar oito anos depois do anterior, de termos um Bruce Wayne envelhecido (como disse o próprio Nolan) e um retorno dele como Batman após algum tempo ausente remete diretamente à famossíssima história Batman: O Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight Returns, no original). (Saiba mais aqui).

Nesta minissérie em quatro partes desenhada e escrita por Frank Miller e publicada em 1986 pela DC Comics, um Bruce Wayne de 50 anos volta a ser o Batman após uma década para conter uma onda crescente de insana violência em Gotham. Parece familiar?

"Cavaleiro das Trevas", o quadrinho: influência direta no novo filme?

E o que acontece ao final da revista? Bruce Wayne é dado como morto após uma luta com o Superman (isso mesmo!) e continua agindo em segredo, comandando uma gangue de vigilantes para pacificar a cidade.

Será que é isso o que Nolan está planejando?

Escrito por David S. Goyer e dirigido por Christopher Nolan, Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge tem no elenco: Christian Bale (Batman/Bruce Wayne), Gary Oldman (Comissário Jim Gordon), Michael Caine (Alfred Pennyworth), Anne Hathaway (Selina Kyle/Mulher-Gato), Tom Hardy (Bane), Marion Cotillard (Miranda Tate), Joseph Gordon-Levitt (John Blake), Morgan Freeman (Lucius Fox), Josh Pence (o jovem Ra’s Al Ghul), Juno Temple (Holly Robinson), Nestor Carbonell (prefeito de Gotham, Anthony Garcia), Matthew Modine (Nixon),  Alon Abutbul (Dr. Leonid Pavel), Daniel Sunjata (policial), Diego Klattenhoff (policial), além de Adam Rodriguez, Rob Brown, Will Estes, Josh Stewart, Burn Gorman, Joey King e Tom Conti em papeis não anunciados. A data de estreia no Brasil será em 27 de julho de 2012, uma semana após a estreia nos EUA.