Os Estúdios Abbey Road em Londres: aberto a visitantes pela primeira vez.

Os lendários estúdios da gravadora EMI em Abbey Road, região de St. Johns Wood em Londres, Inglaterra, finalmente abrirão as portas para visitantes em 2012. O envento é parte das comemorações dos 80 anos do estúdio e deve pegar carona, também nos Jogos Olímpicos de Londres.

A casa na região norte de Londres é famosa por ter abrigado as gravações dos Beatles e do Pink Floyd.

Foi lá onde os Beatles gravaram praticamente todos os seus 13 álbuns, à exceção de Let it Be (gravado nos estúdios da Apple, a gravadora da banda). O Pink Floyd também gravou lá a maioria de seus discos, entre 1967 e 1977, inclusive, clássicos como The Piper at the Gates of Dawn, Darkside of the Moon eWish You Were Here.

A capa de “Abbey Road” dos Beatles trouxe fama ao lugar.

Os estúdios já eram famosos no meio musical pela acústica perfeita do Estúdio 2 (uma das três salas de gravação da casa), mas se tornou um ícone mundial e popular por causa do 12º álbum dos Beatles, que não apenas levou o nome da rua onde o estúdio está localizado, como também mostrava o quarteto de Liverpool atravessando a faixa de pedrestres defronte ao estúdio, na esquina da Abbey Road com a Grove End Road no bairro de St. Johns Wood.

Além de Beatles e Pink Floyd, praticamente todos os grandes artistas da música internacional experimentaram os estúdios da EMI, dentre os quais, The Alan Parsons Project, Blur, James Blunt, The Darkness, Depeche Mode, Dido, Duran Duran, Pácido Domingos, Florence and the Machine, Foo Fighters, Green Day, The Hollies, Iron Maiden, Jamiroquai, The Killers, Lady Gaga, MGMT, Glenn Miller, Alanis Morissette, Muse, Oasis, Panic! at the Disco, Queen, Radiohead, Red Hot Chilli Peppers, Scorpions, U2 e muito mais, incluindo brasileiros como a banda Skank.

Hoje, a faixa de pedestres é lugar de perigrinação de turistas do mundo todo que visitam Londres.

Inicialmente, o staff do estúdio era formado por assalariados da gravadora EMI, que formou alguns dos maiores produtores e engenheiros de som do rock, como George Martin, Norman Smith, Geoff Emmerick, Ken Townshend, Chris Thomas e Alan Parsons.

A grandeza do estúdio – que comporta uma orquestra completa – e sua famosa acústica o faz ser muito procurado para a gravação de trilhas sonoras de filmes, dentre as quais Star Wars, Harry Potter e O Senhor dos Anéis foram gravadas em Abbey Road.

O mágico Estúdio 2 em Abbey Road.

Desde os anos 1990, Abbey Road também se tornou sinônimo de qualidade na masterização e remasterização de gravações antigas, firmando a marca “Remasterizado em Abbey Road” no mundo da música. Inúmeros artistas recorreram ao equipamento do estúdio e ao engenheiro de som George Marino para tal tarefa, dentre os quais os próprios Beatles e Pink Floyd, mas também outros que não gravaram no estúdio, como Rolling Stones e Led Zeppelin, assim como artistas brasileiros, dentre os quais a Legião Urbana, que remasterizou toda a sua discografia em Abbey Road.

O canal britânico Channel 4 mantém um programa chamado Live from Abbey Road, na qual artistas do momento executam suas canções no Estúdio 2 da casa filmados em película, desde 2006.

Em 2010, o estúdio esteve à beira de ser vendido, por causa de dívidas, mas o governo britânico se apressou e colocou a casa, o estúdio e até a faixa de pedrestes como Patrimônios Nacionais do Império Britânico, mantidos, agora, pelo National Trust.

As visitas ao lendário estúdio se iniciarão em 10 de março de 2012 e os ingressos custarão £75, cerca de R$ 216,00, com exposição de instrumentos e máquinas de gravação usados pelos artistas que lá trabalharam.