O escritor Mark Millar: consultor criativo da Fox.

Conhecido tanto por suas grandes histórias quanto por seu estilo falastrão e autopromocional, o escritor de quadrinhos escocês Mark Millar foi anunciado como o novo Consultor Criativo dos filmes de super-heróis da 20th Century Fox, fazendo assim, um papel similar ao que Joss Whedon realiza no Marvel Studios.

A Fox detém vários personagens de quadrinhos sob sua licença, em destaque, as franquias dos X-Men e do Quarteto Fantástico, ambos da Marvel, mas também quadrinhos de cunho mais independente e autoral, como Kick-Ass, que já está gravando sua sequência.

Kick-Ass: adaptação de uma obra de Millar pela Fox.

Nos últimos tempos, já havia uma aproximação de Millar com a Fox, tendo em vista que além de Kick-Ass – que é baseado em uma minissérie que Millar escreveu juntamente ao desenhista John Romita Jr. – o estúdio tem planos de levar às telonas outras obras suas, como Nemesis eThe Secret Service.

Agora, Millar vai atuar como consultor das obras correntes, como The Wolverine, o segundo filme-solo do mais popular dos X-Men; de X-Men – Days of Future Past, a sequência de X-Men – Primeira Classe; e do reboot do Quarteto Fantástico. Inclusive, Days of Future Past é dirigido por Matthew Vaughn, que havia realizado o primeiro Kick-Ass, e pode ter influência nessa aproximação de Millar com a Fox. Após terminar aquele filme, o próximo projeto de Vaughn é justamente The Secret Service de Millar. Já Kick-Ass 2 é dirigido por Jeff Wadlow, enquanto Vaughn atua apenas como produtorNemesis será dirigido por Joe Carnahan.

Primeira Classe: sequência agora terá influência de Millar?

Nos quadrinhos, Mark Millar é famoso por ter criado The Ultimates (Os Supremos), em 2004, junto ao desenhista Bryan Hitch, uma versão moderna e radical dos Vingadores, que foi grande influência para o filme da equipe realizado pelo Marvel Studios. Além disso, escreveu outras histórias marcantes, como o megaevento Guerra Civil e arcos como Wolverine: Inimigo de Estado. Também se destacou com seus projetos autorais, como O Procurado, Kick-Ass (ambos já adaptados ao cinema), Nemesis, The Secret Service e Superior.

Conhecido por suas ideias radicais, será muito interessante acompanhar o trabalho que Millar irá desenvolver na Fox, um estúdio famoso por ser excessivamente conservador, limitando sobremaneira a autonomia de diretores em seus filmes. Veremos…