Algo estranho está acontecendo nas filmagens de Bohemian Rhapsody, a cinebiografia do cantor e compositor Freddie Mercury, líder da banda britânica Queen. A Variety noticiou que as gravações foram paralisadas por motivos de saúde do diretor Bryan Singer.

Não há detalhes sobre o caso, mas o The Hollywood Reporter acrescenta que Singer não retornou do feriado de Ação de Graças e que o estúdio já está preocupado sobre a possibilidade de atrasos no lançamento e pensando até em uma substituição.

Também é mencionado que Singer promoveu pequenos afastamentos semelhantes em outros filmes, como em Superman – O Retorno e X-Men – Apocalipse. Desta vez, os motivos alegados são de saúde e de problemas familiares.

Contudo, não podemos deixar de pensar que, em meio a onda das denúncias sobre abuso sexual em Hollywood, Bryan Singer tem contra ele três processos anteriores sobre abuso de menores que não foram a julgamento por falta de provas.

Estará o estúdio se aproveitando dessa ausência para desligar Singer do projeto?