Perguntado no Twitter sobre a escalação de um ator para Asa Noturna, filme sobre o ex-parceiro do Batman no combate ao crime, o diretor Chris McKay afirmou que ainda é cedo para falar de escalação, porém, disse que no mês que vem, por volta do dia 14 (o Valentine’s Days) terá muitas novidades sobre em que pé o filme está.

Presumindo que não é um anúncio de cancelamento (nunca se sabe com a DC Comics nesses dias pós-fracasso da Liga da Justiça nos EUA), e ainda é cedo para falar num protagonista, então, é possível que seja revelada a data de estreia e/ou a data do início das filmagens.

Atualmente, os únicos filmes da DC Comics que estão realmente em produção são Aquaman, Shazam!, Mulher-Maravilha 2, Esquadrão Suicida 2, Flashpoint e The Batman. Vários outros projetos estão circulando entre os outros mais prováveis de acontecer, como Batgirl de Joss Whedon, Superman – O Homem de Aço 2 e outro envolvendo a Arlequina, cujas notícias recentes afirmam que não será mais Gotham City Sirens (baseado na HQ que reúne a vilã maluca a Mulher-Gato e Hera Venenosa), mas Birds of Prey (Aves de Rapina), um grupo de heroínas, como Batgirl, Canário Negro, Zatanna e que contou com algumas vilãs ocasionais, como a própria Arlequina e a Mulher-Gato.

E além desses – aparentemente mais distantes da realização – estão Ciborgue, Liga da Justiça Sombria, Tropa dos Lanternas Verdes, dentre outros.

Asa Noturna vai engatar mesmo?

Com roteiro de Bill Balduque e dirigido por Chris McKay, Asa Noturna foi prometido como um grande filme de ação com o uso mínimo de CGI.

Nos quadrinhos, Asa Noturna é Dick Grayson, o primeiro Robin, que abandonou a identidade adolescente por outra mais adulta.