Já era esperado, mas aconteceu: agora à noite, a atriz Allison Mack, famosa pelo papel de Chloe Sullivan em Smallville, série de TV sobre a juventude do Superman, exibida entre 2001 e 2012, foi presa em Nova York. Mack é acusada de ser uma das líderes de uma seita de escravas sexuais chamada NXIVM.

O nome da atriz foi vinculado à seita há quatro meses atrás e esperava-se sua prisão desde que o líder do grupo, Keith Raniere, foi preso no México, no fim de março. Na época, o TMZ divulgou um vídeo do momento da prisão na qual, aparentemente, Mack está presente.

Segundo as autoridades americanas, a NXIVM é o braço radical de uma associação maior chamada DOS que supostamente trabalhava com elevação da autoestima e empoderamento. Porém, uma vez admitidas, as vítimas eram forçadas a dar informações comprometedoras e depois eram chantageadas por isso, sendo obrigadas a realizar trabalhos sexuais. Há o indício, inclusive, que as escravas eram marcadas em brasa na pele com as iniciais de Raniere e de Mack.

O FBI considera que Mack seria a principal responsável pelo recrutamento de novas mulheres, bem como de aliciá-las sexualmente, inclusive, oferecendo-as como escravas a executivos de Hollywood.

Dias atrás, outra atriz de Smallville teve o nome associado à seita, Kristen Kreuk, que fazia Lana Lang, a namorada adolescente de Clark Kent. Segundo informações, teria sido Kreuk quem convidara Mack a fazer parte da DOS. Contudo, Kreuk veio à público dizer que rompeu com a organização há 8 anos e que sua participação era por meio de um grupo de autoajuda.

Allison Mack será levada a um tribunal nas próximas horas, onde se dará início ao processo de acusação.

Será que mais horrores serão revelados?