Por mais estranho que pareça, a sequência de Esquadrão Suicida irá se chamar O Esquadrão Suicida. É uma medida para dar “ares de reboot” à sequência que agora será dirigida por James Gunn (de Guardiões da Galáxia). E o diretor irá trazer pelo menos um de seus companheiros da galáxia à Força Tarefa X de criminosos em missões suicidas a mando do Governo dos EUA: o ator Michael Rooker poderá interpretar o King Shark ou Tubarão Rei.

Michael Rooker: também confirmado…

Rooker mantém uma sólida parceria com Gunn, tendo participado de todos quase todo os filmes do diretor. Famoso por ter feito Merle Dixon em The Walking Dead, Rooker interpretou o pirata Yondu em Guardiões da Galáxia e sua sequência, Vol. 2.

O Tubarão Rei é um vilão da DC Comics surgido nos anos 1990 nas aventuras do Superboy (Connor Kent, um clone do Superman) e ficou mais popular nos últimos anos após aparecer algumas vezes na série de TV The Flash, no The C.W. Provavelmente, Rooker fará apenas um trabalho de dublagem no personagem que deverá ser criado digitalmente.

Rooker se junta ao elenco que será liderado por Idris Elba (cujo papel não é conhecido), Margot Robbie (Arlequina) e Viola Davis (Amanda Waller). Muitos pensavam que o personagem de Elba seria o Pistoleiro, que foi vivido por Will Smith em Esquadrão Suicida, mas outras fontes afirmam que Elba viverá outro papel para não criar indisposição com Smith, que pode retornar em filmes futuros.

Uma possibilidade seria Elba interpretar o Pacificador, que é um personagem similar, porém, outras fontes afirmam que este é o papel de John Cena, que pegou uma vaga que era de Dave Bautista (outro ator de Guardiões da Galáxia, onde faz o Drax), que recusou.

King Shark, Polka Dot-Man, Peacemaker and Ratchather.

Também estão no elenco Joel Kinnaman (Rick Flagg), Jai Courtney (Capitão Bumerangue), Daniela Melchior (Caça-Ratos) e David Dastmalchian (Polka Dot-Man).

The Suicide Squad deve iniciar as filmagens no segundo semestre deste ano, com lançamento previsto para 06 de agosto de 2021.