Por essa ninguém esperava! O presidente do Walt Disney Studios, Alan Horn, confirmou numa declaração oficial que Kevin Feige, o presidente do Marvel Studios, irá produzir um novo filme da franquia Star Wars. Tanto a LucasFilm quanto a Marvel pertencem à Disney.

Não está claro que tipo de filme é esse, apenas que será um dos projetos que irá se desenvolver após o fim da saga da família Skywalker, que será visto com o lançamento de Star Wars – A Ascensão Skywalker, em dezembro próximo, com o Episódio IX da franquia. Depois disso, só teremos um novo filme de Star Wars em três anos e a Disney já garantiu previamente que iremos explorar outro conjunto de personagens. Talvez até outros períodos de tempo dentro daquele universo.

Kevin Feige é um grande fã de Star Wars e Alan Horn diz no pronunciamento que é simplesmente lógico uni-lo a Kathleen Kennedy, a presidente da LucasFilm. Rumores na internet já apontam que Feige sabe que história quer contar e já tem até um ator em mente para estrelar o tal filme.

Claro que o presidente do Marvel Studios – que atingiu a total glória com o lançamento de Vingadores – Ultimato, que se tornou a maior bilheteria da história do cinema, com US$ 2,7 bilhões, e encerrou a vitoriosa primeira etapa do estúdio, após uma sequência arrebatadora de 23 filmes em 11 anos – ir trabalhar com a “companhia-irmã” da LucasFilm em um filme de Star Wars acende um monte falatórios.

Se supõe, por exemplo, se Feige deixará o comando do Marvel Studios para assumir a LucasFilme, por exemplo, mas uma série de comentadores estão afirmando saber por bastidores que a intenção da Disney não é essa, mas manter Kennedy e Feige em seus postos, apenas fazendo-os trabalharem juntos. Não tão diferente de Feige produzir alguns filmes em parceria com a companhia externa Sony Pictures, e a produtora Amy Pascal, para levar os filmes recentes do Homem-Aranha às telas, vinculados à Marvel.

Bom, de qualquer modo, é curioso pensar no que Feige pode fazer em Star Wars. Mas qualquer movimento nesse sentido ainda deve demorar um bom tempo para se tornar mais claro. Provavelmente, anos.