Itens pessoais de Kurt Cobain, o líder do Nirvana, foram vendidos ontem num leilão do Hard Rock Café, em Nova York. Os destaques foram a famosa guitarra Fender Mustang azul que o músico usou na última turnê da banda, em 1993 e 1994, e também, o casaco cardigã usado na apresentação do acústico MTV.

A guitarra foi vendida por 340 mil dólares e o casaco por 334 mil dólares, ou seja, cada qual na casa de R$ 1 milhão. Não foi revelado quem foi o comprador.

O cardigã verde oliva de Cobain, que tem um buraco causado por cigarro no bolso direito e foi o casaco do tipo mais caro já vendido.

A guitarra Fender Sonic Blue Mustang 1993 costumisada foi criada especialmente para Cobain e estava exposta até hoje no Hard Rock Café de Cleveland. A Fender azul esteve no Brasil na exposição sobre o Nirvana exposta no Museu Histórico do Rio de Janeiro, em julho de 2017.

Kurt Cobain foi o líder e fundador do Nirvana, em 1987, e o grupo lançou seu primeiro álbum em 1989, alcançando algum reconhecimento na cena alternativa do rock dos EUA, mas o grupo estourou com Nevermind, em 1991, se tornando uma das bandas de maior sucesso do final de século e uma das mais influentes.

Atormentado por uma infância complicada, confuso sobre seu papel de ídolo famoso e enfrentando o vício em heroína, Cobain terminou cometendo suicídio em 08 de abril de 1994, aos 27 anos.