A lendária banda britânica Pink Floyd anunciou oficialmente o lançamento de um disco com sua última apresentação ao vivo. Trata-se de um single especial para o Record Store Day de 2020 trazendo a faixa Arnold Layne, de autoria de Syd Barrett (primeiro líder do grupo), apresentada ao vivo no Tributo pela morte do compositor, em 2007. Foi a última vez em que David Gilmour (vocais e guitarra), Richard Wright (teclados e vocais) e Nick Mason (bateria) tocaram juntos.

O Pink Floyd ainda reunido em 2005: Richard Wright, David Gilmour e Nick Mason.

O single será lançado fisicamente no formato de 7 polegadas e terá apenas um lado de música, pois Arnold Layne foi a única canção que a banda tocou no Syd Barrett Tribut Concert: The Madcap’s Last Laugh, que se deu no Barbican Theatre, em Londres, em 10 de maio de 2007. Além de Gilmour, Wright e Mason, o Pink Floyd contou com o apoio do tecladista Jon Carin (que acompanhou o grupo em sua última fase, pós-1987) e o baixista Andy Bell (ex-Oasis). Na ocasião, os vocais principais couberam a Wright que era o segundo principal vocalista na época em que Barrett era o líder da banda.

O disquinho tem capa com design de Aubrey Powell, que é o responsável pela arte nos lançamentos do grupo e chegará às lojas físicas do Reino Unido no Record Store Day, em 18 de abril próximo.

A apresentação representada no disco ocorreu em meio ao tributo ao seu fundador e ex-membro, num show que contou com vários artistas.

Gilmour, Waters, Mason e Wright em 2005.

Embora o Pink Floyd tenha deixado de ser uma banda ativa já em 1996, o grupo se reuniu ocasionalmente depois, culminando com a festejada reunião de 2005, no Live 8, na qual o trio Gilmour, Wright e Mason se reuniu ao ex-membro Roger Waters pela primeira e última vez. Após a aparição no tributo ao outro ex-membro Syd Barrett, em 2007, o tecladista Richard Wright morreu vítima de um câncer em 2008, encerrando o grupo para fins práticos.

De lá para cá, o Pink Floyd lançou o álbum inédito The Endless River, em 2014, mas montado a partir de gravações antigas, datadas de 1993, ainda com Wright. Em 2019, o grupo lançou o box set The Laters Years (1987-1996), colecionando a última fase do grupo com alguns bônus inéditos de estúdio e ao vivo.

Além disso, após 2007, houveram reuniões informais ou parciais da banda, mas não mais uma apresentação formal do Pink Floyd. Os antigos (atuais?) desafetos David Gilmour e Roger Waters chegaram até a se apresentar juntos em um concerto beneficente e o trio Waters, Gilmour e Mason tocou junto a faixa Confortably numb na abertura da The Wall Tour da excursão solo de Waters, em 2011. Em 2019, foi a vez de Waters e Mason tocarem juntos a faixa Set the controls to the heart of the sun em um show da nova banda do baterista.

O Pink Floyd ensaiando em 1993: The Endless River.

O lançamento da versão ao vivo de Arnold Layne em 2007, curiosamente, fecha um ciclo perfeito da carreira do Pink Floyd, pois essa faixa foi justamente o primeiro single lançado pelo grupo, em 1967, e seu primeiro sucesso.

Mason, Barrett, Waters e Wright, em 1967.

O Pink Floyd foi fundado em 1965, em Londres, por dois amigos de infância da cidade de Cambrige, Syd Barrett (vocais e guitarra) e Roger Waters (baixo e vocais), mais dois londrinos, Richard Wright (teclados e vocais) e Nick Mason (bateria). Misturando R&B com psicodelismo tanto em longas faixas instrumentais (e experimentais) quanto em canções não-usuais de autoria de Barrett, o grupo se tornou a sensação do circuito underground de Londres, ao ponto de atingirem a rara condição de serem disputados pelas gravadoras.

A EMI, que já tinha os Beatles em seu repertório, os contratou e o Pink Floyd estreou em disco com o compacto Arnold Layne, de Barrett, em 1967, fazendo sucesso de público e, principalmente, crítica. O segundo single veio com See Emily play e o primeiro álbum em seguida, com The Piper at the Gates of Dawn.

Contudo, a fama e o show business unidos ao uso abusivo de drogas simplesmente deixaram Syd Barrett louco, ao ponto do compositor sair da banda no início de 1968. Para substituí-lo, Waters trouxe outro velho amigo de Cambrige, David Gilmour, que se tornou a voz principal e a guitarra do Pink Floyd.

The Madcap Laugh: clássico absoluto.

Parenteses necessário, Barrett ainda tentou uma carreira solo e lançou dois aclamados álbuns solo em 1970 (The Madcap’s Laugh e Barrett), ambos produzidos por David Gilmour (que também era seu amigo de infância), mas nunca conseguiu o sucesso e sua mente se tornou desagregada demais para prosseguir uma carreira. Ele voltou a Cambrigde e passou o resto de seus dias vivendo sob acolhimento familiar e longe dos holofotes. Ele morreu vítima de câncer, em 07 de julho de 2006, aos 60 anos.

Wright, Waters, Gilmour e Mason, em 1972.

Equilibrando alguma popularidade com a manutenção de heróis do underground, calcado especialmente nas composições de Roger Waters, que emergiu como novo líder, o Pink Floyd prosseguiu a carreira com destaque ao longo do fim dos anos 1960 e o início dos 70, porém, terminou atingindo um enorme sucesso e se transformando em uma das bandas mais populares (e influentes) da história do rock a partir do álbum Darkside of the Moon, de 1973.

Após outros discos célebres como Wish You Were Here (1975), Animals (1977) e The Wall (1979), o grupo terminou rompendo por causa das tensões internas, na medida em que Waters se tornou mais dominador e passou a menosprezar as contribuições musicais de Gilmour e Wright. Em 1985, Waters decidiu encerrar o grupo na Justiça, mas os membros remanescentes entraram com um processo para continuar a usar o nome da banda e ganharam.

O Pink Floyd nos anos 1990: Gilmour, Manson e Wright.

O trio Gilmour, Wright e Mason lançou dois álbuns de estúdio (A Momentary Lapse of Reason, 1987, e The Division Bell, 1994) e fez grandes turnês mundiais antes de encerrar as atividades em 1996, embora o fim do grupo não tenha sido anunciado oficialmente.