Após três anos de campanha nas redes sociais e infinitos rumores na internet, finalmente, o lançamento da Snyder’s Cut foi confirmada! A versão de Liga da Justiça dirigida por Zack Snyder irá ser exibida no HBO Max em 2021.

Snyder confirmou o lançamento durante uma Watch Party, uma festa de exibição online de Superman – O Homem de Aço, que ocorreu hoje. Logo em seguida, o The Hollywood Reporter trouxe os detalhes do evento.

Segundo o THR, o CEO da Warner Bros. – e que assumiu o posto, ironicamente, porque toda a cabeça do estúdio caiu por causa do fracasso de Liga da Justiça nos cinemas – Toby Emmerich procurou Snyder em novembro do ano passado para acertar o lançamento.

A Warner parece ter disponibilizado US$ 30 milhões – o triplo do que os primeiros rumores apontaram para o projeto – para que o filme seja mesmo finalizado, ou seja, com edição profissional e efeitos especiais finalizados, de forma que toda a equipe de filmagem e pós-produção está sendo convidada a regressar para ajudar concluir o longa; inclusive, contando com a volta do elenco original, não para gravar novas cenas, mas para gravar novos diálogos na pós-produção, uma prática comum em qualquer filme.

Por fim, não está definido em que formato Zack Snyder’s Justice League será lançado. Pode ser um filme com quase 4 horas de duração (isso mesmo!) ou como uma minissérie em seis capítulos, seguindo o modelo das atuais séries de TV nos canais de streaming.

A Snyder’s Cut sairá no streaming da HBO Max em 2021, porém, uma data precisa não foi estabelecida e deve depender, claro, das agendas de todos os envolvidos e do processo de pós-produção, particularmente quanto aos efeitos especiais.

Zack Snyder dirigiu Liga da Justiça em 2016, mas desde o início, a produção foi problemática: Snyder queria fazer o filme em duas partes, mas o estúdio vetou a possibilidade por causa da recepção fria de Batman vs. Superman. Depois das gravações, os executivos do estúdio ficaram temerários com o resultado e demandaram uma série de modificações.

O mal estar crescente, ainda assim, motivou a Warner a demitir Snyder do cargo, em março de 2017, e contratar Joss Whedon (de Os Vingadores) para comandar uma extensa refilmagem e uma nova versão do filme. Whedon realizou seis semanas de filmagens, mas o estúdio não mudou a data de estreia Liga da Justiça foi lançado em novembro de 2017, praticamente um mês (!!!!) após o término das filmagens e claramente inacabado. No fim das contas, Whedon não assinou o filme e foi creditado apenas como roteirista.

O resultado foi um fiasco de bilheteria, com Liga da Justiça atingindo pouco mais de 600 milhões de dólares nas bilheterias mundiais, o que teve impacto decisivo na forma como a Warner estava pensando o Universo DC nos Cinemas, o que resultou, inclusive, na troca de toda a diretoria da Warner e da DC Films.