Al Rio: pioneiro nos quadrinhos de super-heróis.

Faleceu ontem, 31 de janeiro de 2012, o desenhista brasileiro Al Rio. O corpo do artista foi encontrado pela polícia em sua casa, no bairro Serrinha, em Fortaleza, no Ceará, e a causa não foi revelada oficialmente. Entretanto, a página do artista na Wikipedia afirma que foi suicídio por enforcamento. Não foi deixado bilhete.

Al Rio havia participado da 1ª Fortaleza Comic Con, neste fim de semana, dentro da programação do Sana Fest, no Centro de Convenções Edson Queiroz.

Supergirl no belo traço de Al Rio.

Álvaro Araújo Lourenço do Rio nasceu em Fortaleza, em 19 de maio de 1962, e participou da primeira geração de desenhistas brasileiros que trabalhou para as principais editoras de quadrinhos de super-heróis dos Estados Unidos, DC Comics e Marvel Comics, como Mike Deodato Jr., Marcelo Campos e Roger Cruz.

Al Rio desenhou revistas dos X-Men, Capitão América e Homem-Aranha, todas da Marvel Comics, bem como Gen13 e WildCATS da Image Comics, e outras como Vampirella e Voodoo.

Famoso pelas belas mulheres que desenhava, foram publicados dois volumes de um livro com sua arte: The Art of Al Rio Volume 01 and 02. Ele também dava aulas de quadrinhos e vendia seus desenhos aos interessados.

Homem-Aranha por Al Rio.