Demolidor na capa de A Queda de Murdock, por David Mazzucchelli.

Ontem, o HQRock trouxe uma novidade bombástica (veja aqui). Como os direitos de adaptação do Demolidor para os cinemas, pertencentes à 20th Century Fox, estão bem próximos de caducarem e voltarem à Marvel Entertainment, esta fez uma ousada proposta à Fox: aumentaria o prazo para o homem sem medo, desde que a Fox passasse ao Marvel Studios os direitos sobre o Surfista Prateado e o vilão Galactus, que fazem parte do universo do Quarteto Fantástico, que também pertence à Fox.

Hoje, o site Deadline Hollywood trouxe mais novidades. Segundo uma fonte que o site afirma ter dentro da Fox, o estúdio não aceitou a proposta e está disposta a devolver os direitos do Demolidor para a Marvel para continuar com seu universo do Quarteto Fantástico intocado. Este, por sinal, é um dos projetos de grande prioridade dentro da casa, com um reboot (a equipe já teve dois filmes na década passada) comandado por Josh Trank (de Poder Sem Limites).

O Demolidor ingressa nos Vingadores em arte de Mike Deodato Jr.

Assim, apenas dois cenários se formam ao futuro: ou o Marvel Studios faz um acordo para cofinanciar o reinício do Demolidor nos cinemas com a Fox, ou então, o homem sem medo vai realmente ter seu filme atual cancelado e voltar para o próprio Marvel Studios. De posse do personagem, a Marvel pode fazer o que quiser com ele, inclusive, inseri-lo dentro do mesmo universo dos Vingadores nos cinemas. Sempre um herói solitário nos quadrinhos, o Demolidor ingressou recentemente nos Vingadores na revista New Avengers, escrita por Brian Michael Bendis (que comanda a equipe há oito anos) e desenhada pelo fantástico desenhista brasileiro Mike Deodato Jr.

O Demolidor ganhou um filme em 2003, pela Fox, estrelado por Ben Affleck e dirigido por Mark Steven Johnson (de O Motoqueiro Fantasma). Apesar de uma trama até fidedigna aos quadrinhos, a obra em geral não agradou muito. Nos últimos anos, principalmente após o sucesso de filmes mais sombrios como os do Batman, a Fox se animou para retomar o herói cego e iniciou o projeto chamado de Demolidor – O Homem Sem Medoque visava adaptar o mais famoso arco de histórias do personagem, A Queda de Murdock, escrito por Frank Miller e desenhado por David Mazzucchelli em 1986. Na trama original, Wilson Fisk, o Rei do Crime, descobre a identidade do Demolidor e usa essa informação para, em segredo, destruir a vida pessoal do herói.

O roteiro teve primeira versão de Brad Calleb Kane e foi reescrito por David James Kelly, enquanto a direção seria de David Slade, que abandonou recentemente o projeto. A Fox queria Joe Carnahan (de A Perseguição) para o seu lugar, mas o projeto tem que iniciar até o quarto trimestre deste ano, se não, os direitos voltam à Marvel. Parece que isso é o que vai acontecer.

O Demolidor foi criado em 1964 por Stan Lee e Bill Everett e surgiu em sua própria revista, Daredevil 01. Desde então, é publicado pela Marvel Comics.