The Wolverine: reflexões sobre a imortalidade.
The Wolverine: reflexões sobre a imortalidade.

Tendo encerrado suas filmagens, The Wolverine, filme que dá prosseguimento a saga do herói mutante mais famoso da Marvel Comics, membro dos X-Men e adaptado aos cinemas pela 20th Century Fox, ainda está cercado de bastante mistério, pois sequer tem um teaser trailer lançado. Mas o diretor James Mangold deu uma interessante entrevista à revista Entertainment Weekly sobre o filme, o estado de espírito de Logan e a vida do heróis após o fim dos X-Men.

Isso mesmo, o fim. Siga lendo.

Primeiramente, ele explica o quanto de Dívida de Honra, a história original na qual o filme se baseia, está presente no longa:

Muito da história e trechos da saga estão lá, e muitos dos personagens. Acho que é uma adaptação admirável, sem ser totalmente fiel. Obviamente, quando você está adaptando qualquer coisa, faz algumas mudanças. Mas todos os personagens estão lá: Yukio, Víbora, Mariko, Shingen e, é claro, Logan. Todo o elenco de personagens que existe naquele mundo está no nosso filme.

A revista que será base para o filme: melhor história de Wolverine.
A revista que será base para o filme: melhor história de Wolverine.

The Wolverine adaptará o arco de histórias Dívida de Honra, atualmente conhecido como Eu, Wolverine, que é considerada a melhor história do personagem e foi publicada em 1982 como uma minissérie escrita por Chris Claremont e desenhada por Frank Miller. Na trama original, o mutante vai ao Japão em busca de sua paixão, Lady Mariko Yashida. Mas descobre que a moça é filha do maior gangster do país, Lorde Shingen, alguém que não irá aceitar ver a filha se enamorar com um ocidental selvagem como ele, obrigando o canadense a combatê-lo ao mesmo tempo em que precisa provar sua honra.

Contudo, é importante lembrar que Víbora e o Samurai de Prata não estão na obra original, mas em sua sequência, que se desenvolveu dentro da própria revista mensal dos X-Men. Em Uncanny X-Men 170 a 173de 1983, Wolverine volta ao Japão disposto a se casar com Mariko, mas a articulação de vários vilões diferentes – dentre eles a dupla Víbora e Samurai de Prata – termina por criar uma série de problemas. Produzida por Chris Claremont e com desenhos de Paul Smith esta é considerada uma das melhores aventuras dos X-Men em toda a sua história. De qualquer modo, se as duas histórias foram resumidas em uma só, ainda dá para fazer um grande filme de ação.

Em seguida, o diretor corrobora o tema da imortalidade que já havia mencionado em outras entrevistas sobre o personagem e reforça que The Wolverine se passa após os eventos de X-Men – O Confronto Final, último filme da franquia dos X-Men no presente, lançado em 2007.

Você tem uma escolha no instante em que entra em um mundo como esse, com sua grande quantidade de quadrinhos, contextos, os três filmes dos X-Men, um filme das origens de Wolverine…Você precisa decidir onde você existirá em relação a todas essas coisas, especialmente se você está trabalhando com um ator que interpretou o mesmo personagem nos outros filmes. Senti que era importante encontrar Logan em um momento em que está afastado dos seus deveres com os X-Men e suas outras alianças, um momento em que está sem objetivos. Fiquei fascinado com a ideia de retratar Logan como um Ronin, cuja definição é um samurai sem mestre, sem propósito. Como um soldado que é afastado. A guerra acabou. O que ele faz? O que ele enfrenta? No que ele acredita? Quem são seus amigos? Qual é a razão de estar aqui? Acho que essas questões são especialmente interessantes quando você está lidando com um personagem que é essencialmente imortal.

Hugh Jackman e yyyyyy gravam cenas de resgate.
Hugh Jackman e Tao Okamoto nas gravações: Wolverine após o fim dos X-Men.

Por fim, Mangold detalha o aspecto do tempo. Exatamente quanto tempo depois do último filme? E acrescenta: os X-Men acabaram!

Foi sorte minha localizar [The Wolverine] após os filmes dos X-Men, porque os X-Men efetivamente terminaram neste ponto. Um monte dos personagens principais morreu [em O Confronto Final]. Havia uma sensação que eu não localizei o filme cinco minutos após o outro, mas algum tempo depois do último filme dos X-Men. Eu posso encontrar Logan vivendo separado do mundo. Ele não é mais um membro de uma equipe de super-heróis.

Apesar do fim da equipe, alguns membros ainda estão vivos. O próprio astro Hugh Jackman afirmou em uma entrevista recente que um membro das antigas dos X-Men estará de volta em The Wolverine.

Quem?

Muita gente aposta em Jean Grey, a Fênix. Mas a personagem está morta e a atriz Framke Jenssen pareceu bem menos animada quanto à sua participação na franquia mutante, em uma entrevista recente. (Veja aqui). Quem poderia ser esse outro membro?

The Wolverine tem roteiro de Christopher McQuarrie (de Operação Valquíria) e Mark Bomback (de Duro de Matar 4.0), é dirigido por James Mangold e o elenco traz  Hugh Jackman (Logan/Wolverine), Hiroyuki Sanada (Shigen Yashida), Hal Yamanouchi (aparentemente, também Shingen Yashida), Tao Okamoto (Mariko Yashida), Rila Fukushima (Yukio), Will Yun Lee (Kenuichio Harada/ Samurai de Prata), Brian Tee (Noboru Mori), Svetlana Khodchenkova (Víbora). A estreia está marcada para 26 de julho de 2013.

Wolverine foi criado pelo roteirista Len Wein e o desenhista John Romita como coadjuvante de uma história do Hulk, em 1974. Um ano depois, foi incorporado (também por Wein) à novíssima formação dos X-Men, e desde então, é um dos principais membros da equipe. Nos anos 1980, começou a ter suas aventuras solo e mantém-se como um dos personagens mais populares da Marvel Comics. Atualmente, também é membros dos Vingadores.