justice league movie poster with supermanSaíram os números de bilheteria do fim de semana e as notícias não são boas para Liga da Justiça. Por um lado, o filme da equipe dos super-heróis da DC Comics ultrapassou a importante marca de US$ 400 milhões, mas isto puxado totalmente pelo mercado internacional, já que o longa não melhorou seu desempenho em casa.

Nos EUA, Liga da Justiça arrecadou US$ 40,7 milhões neste fim de semana, que foi o Feriado de Ação de Graças, número que o pôs em segundo lugar do ranking semanal, atrás da estreia da animação Viva – A Vida, da Pixar. Com isso, em sua segunda semana, os heróis da DC caíram 57% em relação ao primeiro fim de semana.

Não é um resultado catastrófico, mas com certeza é bem menos do que a Warner espera alcançar. A queda é bem menor do que as que tiveram os outros filmes recentes da DC: Superman – O Homem de Aço, Batman vs Superman – A Origem da Justiça e Esquadrão Suicida; mas está bem distante da queda de apenas 43% de Mulher-Maravilha, que parecia mostrar que a maré de “azar” da DC tinha passado.

Ainda bem, existe o mercado internacional, e os 66 países em que o filme também já estreou – com destaque para os recordes vindos da China (83 milhões apenas neste fim de semana) – deixaram o filme atingir mais US$ 309,8 milhões, dando uma soma total de US$ 481,3 milhões no mundo todo.

Esses números deixam os analistas pessimistas, achando que Liga da Justiça irá arrecadar no total apenas 240 milhões nos EUA e será, assim, a menor bilheteria da DC Comics naquele país nos últimos anos. No mundo, o filme poderá chegar apenas à marca de 650 ou 700 milhões, e irá ficar atrás de Mulher-Maravilha, Batman vs Superman e talvez até de Esquadrão Suicida. 

Não é o que se esperava da reunião de Batman, Superman, Mulher-Maravilha, Flash, Ciborgue e Aquaman, não é?

E agora?

Bom, cabeças irão rolar e grandes mudanças serão feitas. É bem provável que a Warner decida – no imediato – investir em propriedades menos conhecidas (e mais baratas), enquanto modifica bastante daquilo que está em volta dos personagens principais. De fato, apenas três filmes estão em produção real: Aquaman, cujas as filmagens já estão terminando; Shazam!, cujas filmagens deve começar em fevereiro próximo para lançamento em 2019; e Mulher-Maravilha 2, que terá as filmagens em junho do ano que vem para lançamento também em 2019.

Aquaman é um curinga e ninguém sabe ao certo o que esperar dele. Shazam!, com toda a certeza, manterá o tom leve e divertido impresso por Mulher-Maravilha – a melhor receita dos filmes da DC até agora – e o mesmo ocorrerá com sua sequência. 

Os caminhos de Batman e Superman, contudo, ficam bastante tumultuados.

Quanto ao homem de aço, o personagem é uma das melhores coisas de Liga da Justiça e o filme explora como seu poder é bem maior do que os dos demais. Isso pode ser bom. O público pode gostar de ver o Superman exibindo todo o seu potencial depois de tanto tempo. Porém, isso será o suficiente para convencer a Warner investir em Matthew Vaughn (de Kiss-Ass e Kingsmen) e este faça o Superman clássico e luminoso que ele próprio admitiu querer fazer? Não sabemos…

E o Batman? Matt Reeves vai ter que convencer também que consegue entregar um bom cavaleiro das trevas em seu próprio filme solo. Mas o homem-morcego tem a vantagem do “currículo” e a ainda acesa memória de que dois dos filmes dirigidos por Christopher Nolan com o personagem ultrapassaram o 1 bilhão de dólares. Convenhamos, também tem a vantagem de Ben Affleck ser o melhor ator no estrelado elenco principal de Liga da Justiça, imprimindo um Bruce Wayne ainda mais profundo do que o de A Origem da Justiça. 

Leia a Resenha do HQRock para Liga da Justiça.

Mas irá querer a Warner manter Affleck sob o capuz, ou irá aproveitar a oportunidade para trocar o ator por alguém mais jovem?

Ainda é cedo para dizer, mas parece cada vez mais provável. Uma pena!