Isso já era esperado e o HQRock já tinha anunciado que cabeças iriam rolar: a Variety divulgou há pouco que a direção da Warner Bros., por meio do CEO Toby Emmerich, demitiu o produtor Jon Berg da presidência da DC Films e reduziu o cargo do outro presidente, o escritor de quadrinhos Geoff Johns, que volta a ser Diretor Criativo da DC Entertainment, cargo que na prática equivale ao de consultor.

Um substituto para a presidência da DC Films está sendo procurado, mas a Warner também considera reincorporar a empresa ao estúdio principal.

Um fato curioso é que o diretor Zack Snyder continuará a manter os créditos de Produtor Executivo nos dois filmes seguintes, Aquaman e Mulher-Maravilha 2, embora neste caso deva ser apenas uma forma de recompensa por ele ter criado a linha narrativa que possibilitou esses filmes. (Uma estratégia recorrente em Hollywood para evitar processos por direitos autorais).

E a Variety ainda atualizou sua matéria com a resposta se Ben Affleck continuará ou não no papel do Batman nos próximos filmes.

A resposta é curiosa: Ben Continuará a ser o Batman pelo menos uma última vez em Flashpoint, filme que será um tipo de mini-Liga da Justiça, já que trará, no mínimo, Flash, Mulher-Maravilha e Batman. Contudo, é quase certo que Affleck não será o Batman no filme solo do personagem a ser dirigido por Matt Reeves.

Segundo os informes, o diretor prefere um ator mais jovem para o papel, com a revista ainda induzindo que aqueles rumores sobre Jake Gyllenhaal (10 anos mais jovem que Affleck) estar em negociação para o papel têm mesmo fundamento.

Neste caso, também em consonância com outro rumor de dias atrás, caso a Warner resolva não sepultar totalmente seu Universo DC atual – afinal, pelo menos a Mulher-Maravilha é um grande sucesso – The Batman poderia se passar na Juventude da carreira do homem-morcego, aproveitando o enorme intervalo praticamente em branco de 20 anos de Bruce Wayne no combate ao crime no momento em que conhece o Superman em A Origem da Justiça, sem precisar fazer de novo um filme de origem.