justiceleague-movie-zack-snyder-the-glove-and-the-storyboard
Zack Snyder usa a luva do Batman para trabalhar nos storyboards.

Após marcado nas redes sociais, ontem foi realizado um protesto nas portas dos Estúdios da Warner Bros., em Burbank, na Califórnia, exigindo que seja lançada uma versão do diretor Zack Snyder – já que o corte que chegou aos cinemas foi produzido a partir de refilmagens e da edição de Joss Whedon, que foi creditado apenas como roteirista. E nada menos do que 13 fãs seguraram uma faixa com a frase #ReleaseThe SnyderCut.

justice league 13 fans demanding.jpgNão parece algo explosivo que vai fazer a Warner mudar todos os seus planos.

Há muita polêmica sobre o tal corte de Snyder: para quem não sabe, o diretor realizou as filmagens de Liga da Justiça em 2016 e exibiu uma versão prévia para os executivos do estúdio no início do ano seguinte. A versão foi recebida com preocupação, pois ainda mantinha muito do que consideravam os erros de Batman vs. Superman – A Origem da Justiça, com tom sombrio, clima pesado e pouco humor. Por isso, foram exigidas algumas refilmagens. Ao que consta, Snyder convidou Joss Whedon (o diretor de Os Vingadores) para reescrever as novas cenas e dar um ar mais limpo, humano e com humor ao filme. À princípio, aparentemente, Snyder iria fazer as refilmagens, porém, sua filha se suicidou em março de 2017 e dois meses depois foi anunciado que o diretor estava se afastando da produção para que Joss Whedon assumisse o comando das refilmagens e o corte final do longa. Whedon realizou seis semanas de regravações com todo o elenco, entre agosto e setembro de 2017, consumindo mais 25 milhões de dólares do orçamento do projeto, criando a edição final que chegou aos cinemas em novembro.

Joss Whedon
Joss Whedon.

Desde então, os fãs clamam pela versão de Snyder. Porém, um produtor do filme já disse em entrevista que, em termos práticos, essa versão não existe, porque as cenas não haviam sido finalizadas e os efeitos especiais não foram criados, o que demandaria muitos outros milhões para a criação de uma versão de Snyder. E a Warner não irá fazer quando Liga da Justiça desapontou a todos em sua bilheteria nos EUA. A crítica até gostou do filme, mas o público não endossou, com a arrecadação sendo a segunda mais baixa da história recente da DC Comics, chegando a soma de US$ 675milhões (o que é alto, mas muito mais baixo do que filmes como Os Vingadores ou Capitão América – Guerra Civil, que ultrapassaram o 1 bilhão de dólares ou mesmo Batman vs Superman e Mulher-Maravilha, que chegaram a 800 milhões). .

justice league bluray coverIsso não quer dizer que não tenhamos uma nova versão de Liga da Justiça no mercado de vídeo doméstico. A Amazon alemã anunciou o Blu-ray do filme com uma  versão de 135 minutos, o que é 15 minutos a mais do que o que vimos no cinema. De fato, a Warner exigiu que Liga tivesse apenas 120 minutos (duas horas) de duração para que fosse exibido em mais sessões e gerasse mais dinheiro, porém, o resultado final foi de um filme corrido, com pouco espaço para explorar os personagens; embora seja preciso dizer que, em nossa opinião, o filme se saiu muito bem e Whedon soube dar profundidade aos personagens por meio de diálogos rápidos e objetivos. (Leia a crítica do HQRock clicando aqui).

Agora é esperar se veremos uma versão ampliada de Liga da Justiça em vídeo, depois que tanto Batman vs Superman quanto Esquadrão Suicida tiveram a sua. Mas não se iluda: a versão estendida será de Joss Whedon e não de Zack Snyder.