deadpool-2 the teamNa medida que o tempo avança, a janela de tempo da 20th Century Fox se estreita: o estúdio foi comprado pela The Walt Disney Company e a fusão das duas companhias deve ser encerrada no fim de 2019. E isto tem uma grande implicação para os filmes de super-heróis: como a Disney já é proprietária da Marvel Comics e do Marvel Studios, inevitavelmente, os filmes da Marvel sob a bandeira da Fox (o universo dos X-Men e o do Quarteto Fantástico) deverão ser fundidos aqueles. O que isso significa para as franquias existentes, como o sucesso de Deadpool e os vindouros (ainda?) X-Force e Gambit? Continuam em desenvolvimento, é o que afirmam o ator (e produtor) Ryan Reynolds e o produtor, roteirista e diretor Simon Kinberg.

ryan reynolds 2018Em entrevista à Entertainment Weekly, Ryan REynolds foi perguntado se seria possível um filme violento e destinado ao público adulto como Deadpool 2, ter espaço na Disney:

Eu de verdade não sei nada sobre isso. Li que [o CEO e Presidente da Disney] Bob Iger sente que há bastante espaço para aquele universo [do Marvel Studios] para ter personagens com Censura 18 anos como Deadpool. Isto é completamente uma conjectura da minha parte, mas eu não posso imaginar que a Disney comprou a Fox para desmantelá-la ou algo assim. Acho que a Disney comprou a Fox para ter seu material em seu arsenal.

simon kinbergSimon Kinberg foi ainda mais objetivo diante do mesmo questionamento:

Não tivemos nenhuma discussão sobre o que a aquisição da Fox pela Disney traria para as propriedades da Marvel [que hoje estão com a Fox], porque acho que legalmente eles não estão permitidos a falar sobre isso até que [a fusão] termine. Então, não, não falamos nada sobre isso. Estamos apenas seguindo em frente, enquanto seguimos em frente. Uma vez que [o diretor] Drew Goddard esteja pronto, faremos X-Force e, acredite ou não, ainda estamos tentando fazer Gambit decolar e ir em frente. A expectativa é seguir trabalhando até ouvirmos outra ordem. Para mim, não tenho ideia do que esperar, nas acho que poderia ser muito animador.

A fala de Kinberg é importante, afinal, ele é hoje a principal cabeça criativa do Universo Mutante da Fox, que envolve X-Men, Wolverine, Deadpool e derivados. Tendo começado na casa como um dos roteiristas de X-Men – O Confronto Final – lá atrás em 2006 – Kinberg se tornou o principal escritor da franquia nos últimos anos – em especial na Trilogia do Passado que se iniciou com X-Men – Primeira Classe, em 2011 – e tornou-se o produtor principal no campo criativo (ao lado de Laura Donner, no campo operacional).

Assim, desde que o diretor Bryan Singer foi afastado da franquia dos mutantes, em 2016, cabe a Simon Kinberg o comando da coisa toda, que envolve não apenas os filmes dos X-Men (é ele quem dirige o vindouro X-Men – Fênix Negra, que estreia no ano que vem), mas também os outros derivados.

Os filmes da Marvel na Fox que estão realmente programados para lançamento, além do já citado, são o próprio Deadpool 2 e Novos Mutantes, que chega em 2019.  Além deles, existem os projetos X-Force (um grupo de heróis irá trazer Deadpool e Cable e funcionará como um tipo de Deadpool 3, a ser dirigido por Drew Goddard) e Gambit (a ser estrelado por Channing Tatum, mas que já mudou de diretor três vezes e está há uns quatro anos em desenvolvimento).

Também existem um sem número de possibilidades, que vão de filmes solo da Kitty Pryde até do Homem-Múltiplo – sem falar no universo do Quarteto Fantástico (que tem projetos como filmes solo do vilão Doutor Destino e do Surfista Prateado).

Os investidores investirão nesses filmes mesmo sabendo que as franquias podem ser todas mortas pela Disney em um estalar de dedos? (Sacaram a referência? ;p ).

A Disney dará continuidade a esses filmes ou vai engavetar tudo?

Talvez, nem eles saibam…