simon kinberg
Simon Kinberg.

Numa entrevista ao Entertainment Tonight, Simon Kinberg, o diretor e roteirista de X-Men – Fênix Negra, disse que o longa da equipe mutante da Marvel Comics será realista, mesmo que traga personagens alienígenas. Também acrescenta que é mais fiel aos quadrinhos do que a “outra versão” da saga já levada aos cinemas.

Na premier de Deadpool 2, na qual atua como produtor, Kinberg disse ao ET:

É muito mais fiel aos quadrinhos originais do que X-Men 3 [O Confronto Final],que contou a história da Fênix Negra. É um filme que envolve personagens extraterrestres, o que algo nunca feito na franquia dos X-Men antes e isto é uma grande parte da Saga da Fênix Negra nas HQs. O tom é… eu não sei se deveria dizer mais sombrio, mas é mais intenso. É mais real e realista e espero que mais relacionável, um pouco menos operacional do que foi feito no passado.

Dark-Phoenix-Movie banner jean faceA fala do diretor é importante porque a 20th Century Fox já adaptou A Saga da Fênix Negra ao cinema, embora porcamente, em X-Men – O Confronto Final, de 2006; que por sinal foi o primeiro longa na qual Kinberg esteve envolvido na franquia e atuou como um dos roteirista (sim, isso é um mau sinal). Desde então, Kinberg foi produtor em todos os filmes e também roteirista na maioria deles – incluindo Dias de Um Futuro Esquecido e Apocalipse, mas Fênix Negra é sua estreia como diretor. (O diretor “oficial” da franquia era Bryan Singer, mas após a má recepção de Apocalipse e várias denúncias de abuso sexual contra crianças e adolescentes, Singer foi afastado).

famke-janssen as phoenix
Framke Jansen como a Fênix de 2006.

Em O Confronto Final, após Jean Grey (Framke Jansen) ter sido dada como morta no rompimento de uma represa em X-Men 2, ela retorna extremamente poderosa e fora de si, o que a leva a ser “seduzida” pelos ideais radicais de Magneto e se voltar contra a humanidade. Porém, o estúdio não teve coragem de “assumir” a história da Fênix Negra nos quadrinhos – que no original produz drama essencialmente a Ciclope e não a Wolverine, que para a Fox era o único que importava – e tornou essa trama secundária em relação a outra, que trazia o surgimento de uma “cura” para os mutantes. No fim das contas, é um filme ruim, mal executado, com um roteiro fraco e tão centrado em Wolverine que todos os outros personagens, incluindo a própria Jean Grey, são coadjuvantes mal disfarçados.

x-men dark phoenix saga TPA trama de A Saga da Fênix Negra nas HQs é muito mais rica: Jean Grey se tornou a Fênix numa história anterior (X-Men precisam voltar de uma estação orbital à Terra em um ônibus espacial danificado em meio a uma tempestade solar e Jean Grey é bombardeada pela radiação, morrendo no processo, mas ressuscitando como uma entidade extremamente poderosa); e ainda está aprendendo a lidar com os novos poderes quando os X-Men sofrem uma investida silenciosa do Clube do Inferno (um grupo de ricos industriais que interferem na geopolítica global, mas cujo Círculo Interno é formado também por mutantes) para usar os poderes dela a seu favor. Um deles manipula lentamente a mente de Jean fazendo-a se libertar das amarras morais até ela assumir uma persona amoral e maligna, a Fênix Negra. Com poderes praticamente ilimitados, ela se transforma em uma ameaça cósmica, então, os alienígenas S’hiar – aliados dos X-Men – decidem exterminá-la. No fim das contas, embora Jean Grey volte a si e, aparentemente, passe a ter controle sobre si mesma, ela decide se suicidar para evitar o risco de voltar a ser a Fênix Negra. A saga foi escrita por Chris Claremont e John Byrne e desenhada por este último, publicada em Uncanny X-Men 125 a 137, entre 1980 e 1981.

apocalypse poster x-men
X-Men “do passado”.

Já o novo filme deverá colocar parte dessa premissa no contexto da saga dos mutantes no cinema: Fênix Negra se passa nos anos 1990, mais ou menos 10 anos após os eventos de Apocalipse, sendo a quarta aventura dos X-Men no “passado”. Segundo a linha temporal estabelecida em Dias de Um Futuro Esquecido, o fato de Wolverine voltar ao passado e impedir que Mística fosse capturada pelos militares (que baseados em estudos de sua anatomia criariam os Sentinelas no futuro), mudou-se a realidade e os eventos dos filmes dos X-Men dos anos 2000 (a chamada Trilogia do Presente) deixaram de ser válidos. O novo filme mostrará Jean Grey tendo que lidar com a ascensão de seus poderes cerca de 10 anos antes do que ocorreu na velha linha do tempo.

Já os aliens citados por Kinberg permanecem em mistério. Embora sejam os S’hiar nas HQs, a maioria dos rumores aponta para a Fox estar usando os Skrulls em seu lugar.