O Collider divulgou (via Twitter) que o vídeo doméstico em DVD e Blu-ray de Bohemian Rhapsody, a cinebiografia do cantor e compositor Freddie Mercury e da banda Queen, lançado pela 20th Century Fox, trará a apresentação no Live Aid na íntegra.

No filme, a apresentação no Live Aid – um gigantesco festival beneficente que ocorreu em 13 de julho de 1985 e trouxe shows dos maiores artistas da época e ocorreu paralelamente na Inglaterra e nos EUA – aparece como uma coroação da carreira da banda e o momento em que ela se “reencontra” após alguns problemas (tentando evitar spoilers), embora na vida real não tenha sido bem assim. Mas sem dúvida, o show do Queen foi o mais forte de todo o Live Aid e representou a apoteose da carreira do grupo que tinha também Brian May, John Deacon e Roger Taylor.

Freddie Mercury no Live Aid.

Com cada artista tendo apenas 18 minutos para se apresentar, o Queen extrapolou o tempo, tocando 20 minutos, abrindo com uma versão curta de Bohemian Rhapsody, emendando-a com Radio Ga-ga (então, uma canção nova que foi recebida de modo caloroso pelo público que cantou junto e bateu palmas nas paradinhas da faixa); fez a ovação do Eyoh (brincadeira de “pergunta-resposta” com o público de 74 mil pessoas do Estádio de Webley); trouxe Hammer to fall (outra canção nova); e veio os clássicos Crazy little thing called love, We will rock you e o matador final com We are the champions.

A banda excedeu o tempo e os organizadores pensaram em cortar o som, mas a reação explosiva da plateia, a imensa audiência na TV (que exibia ao vivo para boa parte do mundo) e o recorde de doações que se de deu justamente no momento em que o Queen dominava o palco, deixaram que Freddie Mercury e Cia. fizessem seu set list completo.

No filme, a incrível performance do Queen é mostrada de modo fantástico, com os benefícios de uma obra cinematográfica e grande impacto visual e sonoro e ainda é reproduzida quase em 70%, com apenas a exclusão de Crazy little thing called love e We will rock you, para adequar o momento ao ritmo do filme. Ainda assim, a grande cena se estende por uns 15 minutos e traz quatro canções ininterruptas mais o Eyoh.

Mas o show foi filmado na íntegra pelos atores para o filme e será lançado agora!

Já no DVD haverá a versão estendida da cena à parte nos extras e no Blu-ray, além dela, também virá uma making-off da recriação da performance e outros extras, como um minidocumentário sobre a preparação do ator Rami Malek para interpretar Freddie Mercury, performance que já lhe garantiu uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Ator em Drama e pode garantir uma indicação ao Oscar na mesma categoria.

Bohemian Rhapsody fez um grande sucesso nas bilheterias e é a cinebiografia musical de maior arrecadação da história do cinema até hoje.

Leia a Resenha do HQRock para o filme clicando aqui.