O site We Got This Covered parece ter encontrado um furo sobre Feiticeira Escarlate & Visão, a série de TV da Marvel a ser exibida pelo Disney+, o novo canal de streaming da empresa do rato. A partir disso, o MCU Cosmic fez uma varredura em suas fontes e descobriu detalhes e segredos de todas as séries que prometem vir aí dentro do mesmo universo dos filmes do cinema!

Feiticeira Escarlate & Visão

Segundo o WGTC, os rumores de que a série do casal mais estranho das HQs (a união de uma mutante com um sintozoide, um ser humano artificial) será mesmo baseada na história que o escritor Tom King publicou na Marvel Comics em 2018, com o Visão tentando uma vida normal nos subúrbios de Nova York. Mas tudo isso apenas como pano de fundo, pois a trama envolverá, claro, Wanda Maximoff e outros detalhes.

A série se passará após os eventos de Vingadores – Ultimato e Wanda e Visão se mudarão para o subúrbio tentar ter uma vida normal, mas o ser artificial – tanto nas HQs quanto no cinema criado por Ultron – estará sem a Joia da Alma, que já foi roubada por Thanos em Vingadores – Guerra Infinita. Então, o Visão estará vivo, mas frio e sem emoções, pois estas foram destruídas junto com o artefato cósmico que lhe deu vida.

Wanda tentará, então, usar da magia para dotar o Visão de uma “alma” e recorrerá a Agatha Harkness, uma personagem que, nos quadrinhos, é uma maga poderosa e foi a mestra da Feiticeira Escarlate nas artes místicas. (Lembrando que nas HQs, a heroína é também uma poderosa mística, o que nunca foi abordado nos cinemas). Mas tudo dará errado quando Wanda perceber que o Visão foi dominado por um espírito maligno!

Noites de Wundagore: segredos revelados.

E aqui uma aposta pessoal: existem três vilões com ligações com a dupla Feiticeira Escarlate e Visão que podem preencher a vaga desse demônio: na saga Noites de Wundagore, publicada entre Avengers 182 e 188, 1979, de David Michelline (texto) e John Byrne (arte), o mago Mordred invoca o demônio Chton que domina o corpo de Wanda e obriga os Vingadores a combatê-la. Já em outra história, Mais Escuro que Escarlate, publicada em Avengers’ West Coast 51 a 62, de 1990, dessa vez por John Byrne (texto e arte), é o Pandemônio quem manipula a mente da heroína.

O Ceifador põe a questão : quem é o verdadeiro Simon Williams.

O WGTC ainda afirma que a série terá como pano de fundo a desaprovação da população sobre o relacionamento de Wanda e Visão e que haverá um segundo vilão, na figura de um vizinho que será dominado pelo tal demônio e se transformará no Ceifador. Nos quadrinhos, Eric Williams é realmente um clássico oponente dos Vingadores, mas sua história é completamente distinta: irmão de Simon Williams, ele busca vingança contra os heróis. Simon era um empresário corrupto que se deixou manipular pelo Barão Zemo e por meio de um experimento científico, se transformou em um ser extremamente poderoso – o Wonder-Man ou Magnum, no Brasil – usado para enganar e matar os Vingadores; mas Willams se arrepende no final, ajuda a salvar o time e morre. Seu irmão Eric culpa os Vingadores pela morte e tenta se vingar. Depois, mesmo com Magnum voltando da morte – ele se tornou tão poderoso que não pode mais morrer – o Ceifador continuou atormentando a todos. Mas claro, não espere nada dessa origem na série.

De qualquer modo, parece uma trama promissora!

Soldado Invernal & Falcão

Esta série também vem sendo chamada de Bucky & Falcão. Tendo em vista que o primeiro também é chamado de Lobo Branco em Pantera Negra, sabe-se lá que nome ele vai usar daqui para frente.

De qualquer modo, o MCU Cosmic apurou que a trama será uma história de espionagem, também se passada após os eventos de Ultimato. Nick Fury (que também deve aparecer) colocará a dupla a serviço da SHIELD numa trama para perseguir o maligno Agente Americano.

Super-Patriota e Capitão América: discutindo novas e velhas formas de patriotismo.

Nos quadrinhos, o Agente Americano era John Walker, um ex-soldado e patriota ferrenho que foi voluntário num experimento para ampliar sua força. Com os novos poderes, ele se tornou o Superpatriota e entrou em choque com o Capitão América, porque tinha uma visão mais de extrema direita do que o liberal Steve Rogers. Mais tarde, quando o Governo dos EUA tentou obrigar Rogers a voltar a ser um agente do governo para fins escusos, ele decidiu abandonar o uniforme e escudo do Capitão América (considerados de propriedade do Governo) e adotou um outro uniforme, preto e um escudo construído por Tony Stark, sendo chamado então apenas de Capitão. Enquanto isso, o Governo colocou justamente John Walker como o novo Capitão América, mas seu comportamento errático – piorado pelo brutal assassinato dos pais por uma organização fascista, os Cães de Guerra – o tornou um vigilante violento e psicótico.

Totalmente sem controle, Walker teve que ser parado por Steve Rogers, que descobre que todo o plano foi uma armação do Caveira Vermelha, que ele julgava morto. Após o incidente, o Governo decide deixar Rogers de posse definitiva do uniforme e escudo do Capitão América. Toda essa trama é mostrada em uma longa saga chamada de Nunca Mais, publicada em Captain America 332 a 350, entre 1987 e 1989, escrita por Mark Gruenwald e desenhada por Tom Morgan e Kieron Dwyer, que está na lista das Melhores Histórias do Capitão América, do HQRock.

Mas Walker – que é dado como morto pouco tempo depois – passa secretamente por um tratamento psiquiátrico, adota o nome falso de Jack Daniels , passa a usar o uniforme negro de Rogers e se torna o Agente Americano, a serviço do governo. Como tal, ele chegou a ser membro dos Vingadores da Costa Oeste e na Força Tarefa do Homem de Ferro, bem como dos Novos Invasores e dos Vingadores Secretos.

Parte daquela trama – excluindo todo o lance do Capitão América – deve ser adaptada em Bucky & Falcão: um agente da SHIELD (ou do Governo) submetido a um experimento científico (uma tentativa de replicar o Soro do Supersoldado, talvez) fica superforte e louco e a dupla precisará detê-lo. Parece bom.

Loki

MARVEL’S AVENGERS: INFINITY WAR Tom Hiddleston as Loki

Semana passada, correu um rumor de que a série do irmão de Thor não seria exatamente estrelada por Tom Hiddleston, mas apenas narrada por ele. A trama mostraria as aventuras de um jovem Loki adolescente narradas por sua contraparte adulta. E o MCU Cosmic confirma isso.

A série pode ter até uma participação – significativa? – do jovem Thor e até o Odin de Anthony Hopkins poderia fazer uma pequena participação, com o site apostando que também seria apenas sua voz e não sua presença.

Por estranho que soe isso tudo, Loki poderia se dar bem ao apostar num mergulho profundo nos Nove Reinos e ter um clima à lá Games of Thrones. Quem sabe?

LADY SIF

Jaime Alexander como Lady Sif em Thor – O Mundo Sombrio.

Daqui para frente é tudo especulação, pois enquanto as três séries acima foram (meio que) confirmadas, essas outras ainda não. De Lady Sif falamos recentemente e, tal qual Loki, pode render uma ótima aventura de clima medieval e mitológico, explorando os Nove Reinos.

Encantor.

As fontes do MCU Cosmic afirmam que Sif se passará antes de Thor – Ragnarok, mostrando a formidável guerreira sendo exilada de Asgard – por Loki se passando por Odin? – e encarando uma jornada pelos Nove Reinos, tendo como oponente a maga Encantor.

O interessante é que o site aposta que Sif encontrará o alienígena Bill Raio Beta, um coadjuvante bastante querido nos quadrinhos, e um ser que, de tão digno, também foi capaz de erguer o Mjolnir, chegando a substituir Thor por um período curto e, depois, ganhar de Odin sua própria versão de um martelo encantado. Beta não deve ganhar um martelo na série, mas já é uma boa introdução ao personagem, que pode aparecer em um futuro Thor 4.

GAVIÃO ARQUEIRO

Outra série com rumores para acontecer é a do Gavião Arqueiro, finalmente dando mais espaço para Clint Barton (e Jeremy Renner). Os informes são de que a série pode trazer o herói treinando a jovem Kate Bishop, que nas HQs se torna a versão feminina do Gavião Arqueiro nos Jovens Vingadores.

Há inclusive rumores de que a personagem poderia aparecer já em Vingadores – Ultimato. Quem sabe?

Marvel’s Captain America: Civil War War Machine/James Rhodes (Don Cheadle) Photo Credit: Film Frame © Marvel 2016

MÁQUINA DE COMBATE

Também há o rumor de uma série sobre o Máquina de Combate, na qual o coronel James Rhodes (Don Cheadle) iria atrás do roubo de tecnologia da Stark Industries, o que se aproxima da trama de Guerra das Armaduras, uma das mais importantes sagas do Homem de Ferro nos quadrinhos, que poderia ganhar uma versão sem seu protagonista facilmente.

Parte da trama de Guerra das Armaduras foi ligeiramente (bem distante) adaptada em Homem de Ferro 2, mas há material suficiente para criar uma história a partir disso. Uma pena o Marvel Studios não ter feito isso no cinema. Mas com Rhodey na TV talvez até funcione. E os recursos mais militares da armadura do War Machine com certeza teriam um grande apelo visual e de público.

A Guerra das Armaduras está na lista do HQRock das Melhores Histórias do Homem de Ferro. Dê uma conferida!

CAVALEIRO DA LUA E SENTINELA

O site também afirma que existem planos para personagens novos e pouco conhecidos serem lançados no Disney+, como o Cavaleiro da Lua e o Sentinela, embora mais a longo prazo.