Há alguns dias, o HQRock noticiou a produção solo do guitarrista Pete Townshend (um livro, uma ópera e um disco chamados The Age of Anxiety). Agora, o líder do The Who anuncia na página oficial da banda que também há novidades neste campo: os britânicos estão na reta final das gravações de um novo álbum e irão se apresentar com uma orquestra no Wembley Stadium, em Londres.

O show será em 06 de julho e contará com uma orquestra sinfônica, que Townshend garante irá se encaixar de modo orgânico à sonoridade geralmente explosiva do The Who. No concerto, haverá participação especial de Eddie Vedder (o vocalista do Pearl Jam) e a banda de abertura será os Kaiser Chiefs, além de Imelda May.

O guitarrista ainda lamenta que Wembley de hoje não seja o mesmo estádio na qual o The Who tocou no Live Aid, em 1985, ou quando se apresentaram ao lado do AC/DC, em 1979. O Wembley original foi demolido em 2000 para dar origem a uma Arena mais moderna para sediar os Jogos Olímpicos de Londres em 2012.

Por fim, Townshend revela que as gravações do novo álbum do The Who já estão na reta final, com 12 ou 14 faixas gravadas, a trilha de base já pronta e com o vocalista Roger Daltrey trabalhando nos vocais.

Será o primeiro álbum do The Who desde Endless Wire, de 2006, e apenas o segundo desde It’s Hard, de 1982.

Tendo completado 50 anos de atividades em 2014, o The Who hoje corresponde há somente Roger Daltrey (vocais) e Pete Townshend (guitarras), acompanhados por músicos auxiliares, pois Keith Moon (bateria) morreu em 1978 e John Entwistle (baixo) morreu em 2002. O grupo foi realmente ativo de 1964 a 1982 e, desde então, é uma banda de ocasião, que faz turnês comemorativas.