O site Splash Page divulgou a trama inteira de Joker (O Coringa) na internet e o Comic Book Movie ainda acrescentou mais coisa! Quer saber o que tem lá?

Claro, estamos divulgando GRANDES SPOILERS em potencial. Portanto, só siga adiante se não se incomodar em saber da trama antes de assistir.

E também que esse tipo de informação é bastante sensível, portanto, tudo isso pode ser FALSO. As descrições são condizentes com o que vimos até agora sobre o filme, mas não custa atentar à possibilidade de ser tudo má informação ou mesmo má fé. Por isso, esteja avisado!

Vamos juntar os comentários do Splash Page com o do CBM para montar o quadro da trama de Joker:

  • Coringa se passa na Gotham City de 1981, no meio de uma grave crise econômica, com a cidade empobrecida e coberta de lixo (por causa de uma greve de coletores) – o que remete ao contexto de Londres, na Inglaterra em meados dos anos 1970.
  • O Coringa no filme é Arthur Fleck, que trabalha como palhaço numa empresa de publicidade, fazendo propaganda nas ruas com cartazes, enquanto sonha em ser humorista de stand up. Fleck está sendo vigiado por um assistente social que acha que ele tem sérios problemas mentais ao mesmo tempo em que vive com a mãe, que também tem uma situação de degeneração mental e é uma ex-governanta da Mansão Wayne.
  • Thomas Wayne (o pai do Batman) é um personagem importante do filme e está concorrendo ao cargo de prefeito para tentar salvar a cidade. A mãe de Fleck é obcecada e guarda muito rancor do ex-patrão, que não responde às cartas que ela lhe escreve com alguma frequência.
  • Fleck é demitido de seu emprego e isso é o passo final para o comediante abraçar sua loucura. Enquanto anda no metrô, ele presencia homens engravatados tentarem abusar de uma mulher e termina matando os três num acesso de raiva. O gesto ganha grande repercussão e é assumido pela população pobre como uma reação à elite da cidade e um movimento de resistência eclode nas ruas. Claro, Thomas Wayne é visto como a representação da voz dos ricos e é bastante atacado.
  • Sem emprego, Fleck vai atrás de seu sonho e se apresenta num stand up em bar numa noite de “microfone aberto”, mas se dá muito mal. A performance é filmada e é exibida no programa de TV Live With Murray Franklin (que é o personagem de Robert DeNiro) que ridiculariza Fleck.
  • Enquanto a polícia começa a suspeitar que Fleck é o “assassino do metrô”, ele lê uma das cartas de sua mãe para Thomas Wayne onde diz que Arthur é filho do milionário! O que põe o Coringa como meio-irmão do Batman! Este rumor já tinha vazado meses atrás.
  • Mas no fim das contas, Arthur descobre que não é o caso: sua mãe mentiu na tentativa de afastar o menino do namorado dela (e possivelmente o verdadeiro pai) que suspeitava estar abusando sexualmente a criança. Furioso, Fleck vai ao Asilo de Arkham e mata a mãe.
  • Isso liberta totalmente O Coringa de dentro de Arthur e ele mata várias pessoas que o incomodaram ao longo dos anos, mas isso parece não incluir a personagem de Zazie Beetz (de Deadpool 2), que é um amor do passado.
  • Por causa de seu stand up desastroso, Arthur é convidado a ir ao Live With Murray Franklin e ele vai caracterizado como um palhaço, mata o apresentador ao vivo (numa cena que remete à minissérie Batman: O Cavaleiro das Trevas, de 1986) e conclama os espectadores a se revoltar contra os ricos.
  • Seu discurso gera um tumulto na cidade, que culmina com Thomas e Martha Wayne sendo baleados na rua.
  • O Coringa foge da polícia e é pego ao ser atropelado por um táxi enquanto corria, numa cena que foi flagrada pelos paparazzi logo no início das filmagens.
  • O filme termina com Fleck preso no Asilo de Arkham e dançando em sua cela.

Os sites ainda acrescentam que o filme é Censura 18 anos e bastante pesado, mas ao mesmo tempo, muda demais o cânone dos quadrinhos e isso pode gerar alguns comentários e ruídos com os fãs das HQs.

Além disso, a fonte dos vazamentos assegura que Joaquim Phoenix não apenas será indicado, mas ganhará o Oscar por sua interpretação do Coringa, enquanto Robert DeNiro tem chances de também ganhar indicações como coadjuvante.

De qualquer modo, os fãs têm que aceitar que Joker não é um filme sobre o vilão das HQs que é inimigo do Batman, mas um longa sobre um palhaço psicótico que vai enlouquecendo rapidamente que se baseia (ligeiramente?) no universo ficcional da DC Comics.