O Geek WorldWide afirma que Norman Osborn, o Duende Verde, arquiinimigo do Homem-Aranha, pode estar chegando ao Universo Marvel nos Cinemas (MCU). O site diz que o estúdio fez uma chamada de elenco para um personagem chamado The Benefactor (O Benfeitor), que poderia ser o famoso vilão.

A descrição do personagem é um misterioso e nefasto benfeitor, homem, de preferência caucasiano e na faixa dos 40 aos 60 anos.

O olhos de águia dos fãs do Marvel Studios já perceberam aqui que já apareceu um “benfeitor” nos filmes da empresa: esse é o nome de um misterioso vilão citado em Homem-Formiga e a Vespa, que nunca aparece. A chamada de elenco diz que as filmagens devem ocorrer ao longo desse ano.

Isso põe uma questão interessante, pois este ano a Marvel está filmando Viúva Negra e vai começar Os Eternos, mas são dois lugares inusitados para inserir Norman Osborn. Mas com a Marvel nunca se sabe. Ele pode aparecer apenas em uma cena pós-créditos!

Falando nisso, o Comic Book Movie trouxe informes “vazados” da cena pós-créditos de Homem-Aranha – Longe Demais de Casa.

Lembrando isto aqui pode ser um SPOILER em potencial, portanto, não siga adiante se não quiser saber segredos da trama antes do filme estrear.

Segundo a fonte, a cena pós-créditos mostra Mysterio desolado após ser derrotado – isso mesmo, para bom entendedor… – e está numa sala de reuniões em um prédio de escritórios em uma grande cidade. A câmera revela que o Abutre (vilão do primeiro filme, De Volta ao Lar) paramentado em seu uniforme, e também aparecem Shocker e Escorpião (dois vilões que aparecem rapidamente naquele filme, mas sem seus uniformes). Então, um homem engravatado entra e diz que tem uma proposta.

É muito a cara de Norman Osborn, mas a foto disse não conhecer quem é ator que o interpreta. Poderia ser Osborn ou um emissário?

Poderia, se for verdade.

Parece um pouco genérico demais e muito parecido com a outra proposta – da Sony Pictures – de introduzir o Sexteto Sinistro (o grupo dos vilões do Homem-Aranha), que aconteceu na cena pós-créditos de O Espetacular Homem-Aranha 2 (a versão anterior do personagem). Mas é bem sabido que a Sony quer mesmo fazer um filme com eles. Quem sabe?

E para fechar, Roger Wardell, que vem acertando um furo atrás do outro, disse que Kevin Feige quer muito trabalhar com David Morrisey (The Walking Dead) em um filme próximo. O ator britânico se encaixa demais na suposta descrição de Osborn. Poderia ser ele?

Tudo isso é rumor e trate com muita desconfiança. Mas ao mesmo tempo fique ligado.

É fato que existem muitos rumores de que a Marvel quer fazer um filme dos Vingadores Sombrios e isso leva diretamente a Osborn. A persistência do boato pode ser um indicativo de que é verdade. E seria uma forma da Marvel ampliar seu leque de personagens, reutilizar alguns vilões esquecidos e dar um motivo para a reunião dos Novos Vingadores no universo pós-Ultimato.

Nos quadrinhos clássicos, Norman Osborn foi o Duende Verde, o principal vilão do Homem-Aranha, um criminoso inteligentíssimo e superforte que tentou dominar as quadrilhas criminosas de Nova York ainda antes de Wilson Fisk, o Rei do Crime. Criado em 1964, o vilão foi o primeiro a descobrir a identidade secreta de Peter Parker, graças a sua astúcia, e matou a namorada dele, Gwen Stacy, numa história de 1973, morrendo em seguida na sua própria armadilha.

Mas ninguém morre mesmo nos quadrinhos não é?

Uma história de 1995 (22 anos depois!!!!) revelou que Osborn não havia morrido. Nesta nova encarnação, Osborn era retratado muito mais como uma ameaça de bastidores, alguém que ia dominando o crime e os poderes legítimos por sua riqueza e influência, e só em último recurso vestia o uniforme de Duende Verde. As vezes em que isso ia acontecendo foram diminuindo ainda mais com o passar do tempo.

Nos anos 2000, Osborn foi gradativamente deixando de ser um inimigo do Homem-Aranha para ser um vilão influente em todo o Universo Marvel, especialmente contra os Vingadores. Primeiro, ele tomou a liderança dos Thunderbolts (a versão Marvel do Esquadrão Suicida) e isso o levou a virar um “herói nacional” e terminar por se transformar no líder da SHIELD, que mudou seu nome para MARTELO.

Nisso, ele fundou os Vingadores Sombrios, uma “versão” dos Vingadores formada só por vilões como Rocha Lunar, Venom e Mercenário, se passando por Miss (Capitã) Marvel, Homem-Aranha e Gavião Arqueiro, mais Ares, o deus da guerra, e o Sentinela, liderados pelo próprio Norman Osborn, usando uma armadura alterada do Homem de Ferro chamada Patriota de Ferro.

(Sim, o Patriota de Ferro apareceu em Homem de Ferro 3, mas era apenas uma versão colorida do Máquina de Combate, James Rhodes).

A Marvel queria evitar usar Osborn muito cedo, porque o vilão já havia aparecido nas duas franquias anteriores do Homem-Aranha. Mas será que o tempo já chegou?