Ocorreu hoje o leilão da coleção de 120 guitarras de David Gilmour, ex-membro da lendária banda Pink Floyd. Os itens bateram vários recordes e foram leiloados pela Christie’s de Nova York. As informações são da Rolling Stone.A lendária Black Strat, a guitarra Fender Stratocaster da cor preta que Gilmour usou como seu principal instrumento nas gravações clássicas do Pink Floyd, incluindo Shine on you crazy diamond e o solo de Confortably numb, foi vendida por incríveis US$ 4.975.000 ou quase 20 milhões de reais.Outros itens de destaque foram a Fender Stratocaster 1954 cujo número de série é 0001 e foi dada de presente a Gilmour pelo próprio Léo Fender. É com este instrumento que o guitarrista gravou a base de Another Brock in The Wall (part 2), a mais famosa canção do Pink Floyd, e que foi vendida por 1,8 milhões de dólares. Outra guitarra usada na gravação dessa mesma faixa, mas agora no icônico solo, uma Gibson Les Paul Goldtop 1955, foi vendida por US$ 447 mil; o mesmo preço dado a uma Gretsch White Penguin 1958.O violão com o qual Gilmour gravou a clássica Wish You Were Here, um Martin D-35 1969 e que também foi o principal instrumento acústico dele de 1971 até bem recentemente, foi vendido por mais de US$ 1 milhão, batendo o recorde de violão mais caro já vendido, que pertencia a outro Martin, de Eric Clapton.A Fender Stratocaster vermelha que foi o principal instrumento ao vivo de Gilmour entre 1988 e 2005, e que portanto, aparece nos ao vivo The Delicate Sound of Thunder e Pulse, além do álbum The Division Bell, foi vendida por 615 mil dólares. A Fender Stratocaster 1983 que Gilmour usou no Live Aid foi vendida por 187.500 dólares.No total, o leilão de Gilmour arrecadou nada menos do que US$ 21.415.750, que serão doados às instituições filantrópicas mantidas pelo guitarrista, de apoio a refugiados e sem-teto. O leilão durou 8 horas e teve participações de 55 países.