Com o grande sucesso de Homem-Aranha – Longe de Casa – que acabou de atingir a marca de US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais – a Sony Pictures tem pressa em manter o universo cinematográfico do escalador de paredes em movimento, então, a pré-produção de Venom 2 começa a dar seus primeiros passos importantes. Mal recebido pela crítica, o primeiro filme do simbionte alienígena que nas HQs é um dos mais populares vilões do Aranha, Venom fez bastante sucesso nas bilheterias e garantiu uma sequência. Mas as coisas irão mudar e o diretor não retornará. Para substituí-lo, segundo o The Hollywood Reporter, um dos nomes cotados é de Andy Serkis, o ator conhecido por dar vida a Snoke nos filmes de Star Wars e a Ullisses Klawe em Pantera Negra.

O THR diz que o ator, pioneiro na técnica de captura de movimentos – ele fez o Gollum na saga O Senhor dos Anéis – está voando para Los Angeles para uma reunião com os executivos da Sony para discutir o filme.

Serkis já tem experiência como diretor: depois de atuar como diretor de segunda unidade nos filmes de O Hobbit, o ator dirigiu dois filmes, Breathe e Mowgli – A Lenda da Selva.

A Variety complementa, contudo, que ele não é o único na lista da Sony: Travis Knight e Rupert Wyatt também foram convidados a conversar.

Não há uma data estabelecida para Venom 2, mas a Sony já produz atualmente outro derivado do universo do Aranha: Morbius, o Vampiro Vivo, estrelado por Jared Leto. Existem literalmente uma dúzia de outros projetos que podem vir à tona, adaptando personagens como Nightwatch, Silver Sable, Gata Negra, dentre outros. O sucesso de Longe de Casa deve servir para pôr alguns deles em andamento também.

O protagonista Tom Hardy segue em Venom 2, que deve trazer Woody Harrelson como Cletus Kassady, o vilão Carnificina (Carnage), uma variação vermelha e psicótica do simbionte.