A novela da #releasesnydercut continua, e ganha um capítulo importante: o próprio diretor Zack Snyder veio a público e falou abertamente que sua versão de Liga da Justiça realmente existe (revelando até o tamanho!), enquanto o roteirista Chris Terrio disse numa entrevista que em breve falará bastante sobre o longa.

Zack Snyder é um profícuo usuário da rede Vero e após meses lançando imagens de suas filmagens de 2016 para Liga da Justiça, alimentando os rumores da existência (e do lançamento) de sua versão do filme, finalmente, foi direto à questão! Com uma imagem dos discos rígidos das gravações, o diretor colocou a legenda: “É real? Existe? Claro que sim”.

A imagem revela ainda o selo da embalagem, no qual se lê claramente: LJ/ Versão do Diretor/ 214″. Isso também revela que Liga da Justiça de Zack Snyder tem 3h34min de duração.

É uma longa duração. Ainda maior do que a versão do diretor para Batman vs. Superman – A Origem da Justiça, que ganhou uma versão extendida em vídeo doméstico.

A publicação de Snyder vem ao fechamento da questão da existência de sua versão do filme, pois apesar da campanha dos fãs para que a Snyder Cut fosse lançada, a imprensa se dividia entre a negação do fato e a aposta de que o estúdio não tinha interesse em lançá-la.

Contudo, há alguns dias atrás, a Forbes publicou uma reportagem na qual confirmava a existência do corte, dizia que está 90% pronta (o que inclui filmagens, efeitos especiais e som) e ainda dizia que apesar da animosidade da antiga administração da Warner Bros. em relação à toda a questão, a nova gestão do estúdio – que foi comprado pela AT&T e tem uma nova CEO assumindo, Ann Sarnoff – está muito mais simpática à versão. E Forbes até sugere que a Snyder Cut de Liga da Justiça encontraria seu lugar ideal na plataforma de streaming HBO Max, que a Warner irá lançar no ano que vem.

E parece que esse será mesmo o caminho pelo o que as evidências apontam.

Outro indício disso é a fala do roteirista da versão de Snyder, Chris Terrio. O escritor também é o roteirista de Star Wars – A Ascensão Skywalker, que estreia daqui há alguns dias, e numa entrevista para promovê-lo, com o Upprox, foi questionado sobre Liga da Justiça e sua resposta foi surpreendente: não pode falar agora, mas após o lançamento do longa da saga espacial irá falar bastante sobre os heróis da DC Comics.

A questão é que realmente não posso falar sobre isso no momento. Mas eu prometo a você que nós conversaremos sobre esse mesmo ponto daqui há algum tempo após o lançamento deste filme.

Quando o entrevistador diz que é necessário falar sobre a Snyder Cut, Terrio encerra: “sim, precisamos. Precisamos seriamente”.

Tudo parece indicar que está sendo articulada o lançamento da versão de Zack Snyder para Liga da Justiça e isto deve ocorrer no HBO Max, já que o streaming é um bom lugar para filmes longos, como prova O Irlandês de Martin Scorsese recém lançado com sucesso na Netflix, também com 3h30 de duração.

Com toda a áurea que ronda a Snyder Cut, Liga da Justiça seria no mínimo um grande chamariz para a estreia da plataforma.

E se você ainda está um pouco confuso sobre isso: Zack Snyder dirigiu Liga da Justiça em 2016, mas a Warner não gostou do trabalho e (ressabiada com a recepção entre mista e negativa de Superman – O Homem de Aço e Batman vs Superman – A Origem da Justiça) decidiu demitir Snyder no começo de 2017, enquanto o estúdio e o diretor alegaram oficialmente que o motivo seria o suicídio recente de sua filha.

A Warner contratou Joss Whedon (de Os Vingadores) para assumir o filme e realizar extensas refilmagens, porém, a não mudança da data de estreia em novembro de 2017 resultou em Liga da Justiça ser lançado praticamente inacabado aos cinemas, sem refletir a versão de Snyder nem a de Whedon, e ainda foi um fracasso de público e a menor bilheteria dos filmes recentes da DC Comics.