Por essa ninguém esperava: o guitarrista John Frusciante está de volta ao Red Hot Chili Peppers. A lendária banda californiana confirmou o fato por meio de um comunicado oficial no Instagram, que informa que o atual guitarrista da banda, Josh Klinghoffer, está saindo.

O comunicado oficial diz:

The Red Hot Chili Peppers anuncia que estamos nos separando de nosso guitarrista dos últimos dez anos, Josh Klinghoffer. Josh é um belo músico que nos respeitamos e amamos. Estamos profundamente gratos por nosso tempo com ele e os incontáveis dons que compartilhou conosco.

Também anunciamos, com grande animação e de corações cheios, que John Frusciante está reingressando no nosso grupo. Muito obrigado!

Está será a terceira temporada de John Frusciante no RHCP, da qual foi o principal guitarrista ao longo de sua história. Inicialmente, ele participou entre 1988 e 1992, gravando com a banda os principais discos de sua primeira fase – e aqueles que os levaram ao sucesso mundial – Mother’s Milk (1989) e Blood Sugar Sex Magik (1991) – mas terminou deixando o grupo para poder se tratar do vício em drogas. O guitarrista regressou para um período de dez anos, entre 1998 e 2009, quando participou de outros discos essenciais, como Californication (1999), By The Way (2002) e Arcade Stadium (2006), que consolidaram o Red Hot Chili Peppers como uma das principais bandas norteamericanas da virada do século XX para o XXI.

Seu substituto, Josh Klinghoffer também permaneceu no grupo por dez anos, entre 2009 e agora.

Sem dúvidas é uma ótima notícia para a banda e os fãs.

O Red Hot Chili Peppers foi fundado em Los Angeles em 1983 pelo vocalista Anthony Kledis e o baixista Flea, dentre outros membros, e gravou o seu primeiro álbum em 1984. Ao longo dos anos 1980, o grupo se constituiu como um nome importante dentro do rock alternativo e da cena hardcore dos EUA, que não fazia sucesso de massa, mas tinha uma base de fãs espalhados pelo país.

O alto consumo de drogas, entretanto, resultou na morte do guitarrista Hillel Slovak, por overdose de heroína, em 27 de junho de 1988, aos 26 anos. Isso quase representou o fim do grupo, mas no fim das contas, após uma curta pausa para se recobrarem, o RHCP retomou as atividades, agora, com o guitarrista John Frusciante, de apenas 18 anos (e fã da banda e de Slovak) e o baterista Chad Smith.

A nova fase representou um certo renascimento e o Red Hot Chili Peppers terminou se tornando ainda mais famoso, alçando o sucesso internacional, na medida em que toda a cena alternativa dos EUA foi impulsionada à popularidade pelo sucesso do Nirvana e do movimento grunge a partir de 1991. Com isso, o RHCP se tornou uma das bandas mais famosas do mundo nos anos seguintes.