Muito se fala que Star Wars – A Ascensão Skywalker será o fim da saga da família Skywalker, a linha principal das histórias do universo criado por George Lucas. A LucasFilm inclusive já informou que não há planos para novos filmes antes de 2022, embora vários produtos ligados à franquia estejam sendo lançados na TV, via streaming no Disney+. Mas a própria presidente da LucasFilm, Kathleen Kennedy, garante que os personagens da nova Trilogia podem retornar depois, embora em novos formatos de filmes.

Um aspecto que a produtora coloca é que o estúdio está abandonando o formato de trilogias em prol de narrativas mais fluidas e menos amarradas ao formato.

Em entrevista ao The Los Angeles Times, Kennedy explica a vantagem de deixar de se prender às trilogias:

Eu acho que nos dá um ponto de vista mais de final aberto e não nos fecha a uma estrutura de três atos. Não vamos ter um número finito e encaixar dentro de uma caixa. Nós vamos realmente deixar a história ditar isso.

Kennedy diz ao LA Times que, embora a LucasFilm tenha optado por dar um tempo aos filmes de Star Wars – para ter tempo de planejá-los com mais calma – isso não quer dizer que estão abandonando os personagens da Trilogia Nova, o que significa dizer que Rey, Finn, Poe, ou Kylo Ren, podem voltar no futuro, seja em filmes ou séries.

Sabemos que o estúdio continuará a investir em séries do Disney+, mas o cineasta Rian Johnson (que fez o capítulo anterior da saga, o divisivo Os Últimos Jedi) continua oficialmente desenvolvendo um filme da saga, assim como o produtor Kevin Feige, o presidente do Marvel Studios (que também pertence à Disney) está envolvido em outro.

Enquanto a nova Trilogia é um imenso sucesso de bilheteria – as previsões para A Ascensão Skywalker (que estreia daqui há poucos dias) são altas – e o derivado Rogue One também fez igual sucesso, houve um grande (e único) fracasso na figura de Han Solo, que não agradou ninguém. Além do retorno imediato, porém, houve desagravo a várias das decisões criativas dos novos filmes, em especial relativas aos personagens mais antigos.

As decisões finais, diz Kennedy, serão tomadas na próxima semana. Ou seja, LucasFilm e Disney estão aguardando o fim de semana de estreia de A Ascensão Skywalker para decidir efetivamente o que irão fazer.

Se o público gostar do Episódio IX da saga principal, a LucasFilm irá desenvolver aquilo que pensa ser mais forte e não duvide que os personagens novos retornem em algum ponto no futuro não tão distante.

Uma jogada esperta do estúdio seria ir a lugares desconhecidos, como o tão rumorizado universo em torno do jogo Knights of Old Republic, que mostra os Jedi milhares de anos antes dos eventos que conhecemos.

Aliás, não dê como terminada nem a saga da família Skywalker. Pode apostar na bolsa que dentre alguns anos no futuro veremos mais aventuras de Luke Skywalker e Leia Organa em filmes, interpretados por atores mais jovens e explorando os eventos que se posicionam entre a Trilogia Clássica e a Nova. Podem dizer que não vão fazer. Mas vão. Aguarde. Nem que seja por 20 anos. Mas eu apostaria bem menos.