A empresa oficial de moedas comemorativas da Realeza Britânica, Royal Mint, está lançando uma coleção especial com a banda Queen. Quem diria? O quarteto britânico, lendário pela voz de Freddie Mercury e levado aos cinemas recentemente na cinebiografia Bohemian Rhapsody, é a primeira banda de rock a ganhar tal honraria.

As moedas foram lançadas oficialmente hoje, dia 20 de janeiro, e se juntam à iniciativa dos correios de lançarem um selo comemorativo da banda em julho. O Queen celebra oficialmente 50 anos do início de suas atividades em 2020.

As moedas têm um design muito bonito, criado por Chris Facey, o designer da Royal Mint, que mostra os instrumentos dos quatro membros do grupo – Freddie Mercury (vocais e piano), Brian May (guitarra e vocais), John Deacon (baixo e vocais) e Roger Taylor (bateria e vocais) – mais o microfone sem base típico de Mercury. A representação dos instrumentos é cheia de simbologias: o piano é do tipo Bechstein e exibe o acorde inicial da canção Bohemian Rhapsody (a mais famosa do grupo); a guitarra é a Red Special que foi manufaturada pelo próprio May quando ainda era um adolescente, usando a madeira de uma lareira de 200 anos de idade; o baixo é o Fender Precision Bass tipicamente usado por Deacon; e a bateria traz a logomarca da banda, como era exibida no início da carreira.

Houve a preocupação em representar todos os instrumentos em memória da divisão dos trabalhos no Queen: todos na banda compuseram canções de sucesso e todos cantavam, ainda que Mercury fosse o vocalista principal absoluto e o grande showman nos concertos. Mas o Queen era realmente uma criação coletiva.

Conheça a História e a Discografia do Queen neste post especial do HQRock.

A moeda básica custará 13 libras (ou 16,89 dólares), mas daí em diante vêm outras mais especiais com unidades limitadas entre 25 mil ou apenas mil (das mais baratas às mais caras): 15 libras para vir em um estojo especial; 60 libras com banho de prata; 90 libras inteiramente banhada em prata; 510 libras com 1/4 banhado a ouro; e 2.020 libras (2.624 dólares) com uma face banhada a ouro, mas esta já está esgotada.

O Queen estreou em 1973 e fez sucesso gradualmente, primeiro na Inglaterra e depois no restante do mundo, e A Night At Opera (e Bohemian Rhapsody) foram a consagração da banda, em 1975. O grupo permaneceu na ativa com muito sucesso até 1991, quando o vocalista Freddie Mercury morreu em decorrência do vírus HIV.

Atualmente, o guitarrista Brian May e o baterista Roger Taylor continuam movimentando o legado do grupo em projetos especiais, enquanto o baixista John Deacon se aposentou da música.