Nesses dias a Sony Pictures anunciou uma nova data de estreia de um filme baseado no universo do Homem-Aranha para 2021 e multiplicam opções para quem estrelaria esse longa. A Mulher-Aranha é a mais forte nas listas e o The Illuminerdi garante que é a heroína quem vai ganhar o filme e já aponta favoritas do estúdio para as vagas de diretora e atriz protagonista: Michelle MacLaren e Alice Vikander, respectivamente.

Michelle MacLaren é mais conhecida na TV e já ganhou um Emmy por seus trabalhos em The Westworld e Games of Thrones. A diretora também foi a primeira opção da Warner Bros. para dirigir Mulher-Maravilha, assumindo o projeto antes de sair por “divergências criativas” para que Patty Jenkins fizesse o longa de sucesso da princesa amazona da DC Comics. Mas MacLaren continua no radar dos estúdios que querem vê-la envolvida em algum filme de super-heróis.

Alice Vikander (de Tomb Rider) é a favorita da Sony para o papel de Jessica Drew. Vikander vem ganhando espaço em Hollywood, apesar de Tomb Rider não ter ido bem nem em crítica nem em público.

O The Illuminerdi aproveita a ocasião para esclarecer que a versão que a Sony quer levar ao cinema da Mulher-Aranha é Jessica Drew, a personagem original. Isso porque desde então já apareceram várias versões diferentes da Mulher-Aranha (inclusive, como Garota-Aranha).

O site também traz até uma sinopse da história: Jessica Drew seria uma garota que adoece graças ao trabalho do pai, médico-cientista, com urânio radioativo. Buscando uma cura para a filha, seu pai realiza um tratamento experimental acelerando o código genético da menina com o de um aracnídeo. Jessica acorda do coma décadas depois, sem ter envelhecido quase nada e com grandes poderes relacionados as aranhas.

É uma origem até certo ponto próxima da que Drew tem nos quadrinhos, embora nas HQs há um intervalo antes dela se tornar a Mulher-Aranha, com ela trabalhando como agente secreta e espiã da SHIELD e da HIDRA.

Tudo isso pode casar muito bem com o universo do Homem-Aranha nos cinemas e, em certa medida, com o MCU. Aparentemente, a continuidade do acordo entre Sony e Marvel Studios – que chegou a ser desfeito no ano passado, mas foi reativado logo depois – significa que a Sony está liberada para desenvolver o “mundo” do Homem-Aranha nas margens do MCU, já que está tudo ligado. Apenas não teremos Venom se unindo aos Vingadores, por exemplo, mas Peter Parker será um tipo de intermediário entre o mundo dos Vingadores e esse outro, ao lado, que irá interagir diretamente com ele.

Por fim, é importante salientar que a notícia não significa que MacLaren e Vikander irão efetivamente trabalhar no filme, mas que elas são os nomes que a Sony quer e servirão de referência para o que procurar caso uma das duas ou as duas não puderem ou não quiserem se envolver no projeto.

A data do filme misterioso da Sony, que o site aposta ser da Mulher-Aranha, está com estreia agendada para 08 de outubro de 2021.

 A Mulher-Aranha foi criada por Archie Goodwin e Marie Severin e estreou em Marvel Spotlight 32, de 1977, antes de ganhar uma revista solo de sucesso que teve 50 edições. Praticamente esquecida nos anos 1990, a heroína regressou com destaque na década de 2000 como membro dos Vingadores.