Ontem foi o Dia de Star Wars – uma brincadeira de “may the fourth” (04 de maio) com “may the force [be with you]” (que a Força [esteja com você]) – e a LucasFilm anunciou algumas novidades sobre o futuro da saga. A maior delas foi que o diretor Taika Waititi (de Thor – Ragnarok) irá dirigir um novo filme da saga.

Waititi concorreu ao Oscar de Melhor Filme este ano por Jojo Rabbitt e levou a estatueta de Melhor Roteiro Adaptado, que escreveu para o filme. No longa de Star Wars, ele contará com a ajuda de Krysty Wilson-Cairns, que foi indicada ao Oscar pelo roteiro de 1917.

Waititi já esteve envolvido na franquia, tendo dirigido o episódio final da primeira temporada de The Mandalorian, série que foi bastante bem recebida por público e crítica.

Contudo, o diretor está envolvido com a produção de Thor – Amor e Trovão, cuja estreia está prevista para 11 de fevereiro de 2022. Isso faz com que seu filme de Star Wars só deve ser lançado em fins de 2023 (pouco provável) ou em 2024 (mais certo).

Não foi revelado qual será o tema do filme de Waititi e é difícil até especular.

Outra notícia relacionada é que outra série do Disney+ foi anunciada a ser escrita e produzida por Lyslye Headland (de Boneca Russa). Também não foi revelada qual é o programa, mas se especula que seja uma série focada na personagem Ahsoka Tano, bastante querida por sua participação no desenho animado The Clone Wars, que também apareceu numa versão mais velha em Rebels, e que terá sua estreia em live action na segunda temporada de The Mandalorian, interpretada por Rosario Dawnson.

Desde o início se pensou que a participação da personagem seria apenas um gancho para que ela ganhasse uma série própria. E deve ser isso mesmo.