O The Illuminerd trouxe uma notícia com dois nomes bastante bem cotados para viver o Gavião Negro (Hawkman) em Black Adam/ Adão Negro: Alexander Skarsgard e Sam Heughan. O personagem será um dos membros da Sociedade da Justiça que irá estrear nos cinemas na aventura do anti-herói/ vilão que tem os mesmos poderes do Shazam!

Correram rumores, também, de que Ryan Reynolds (Deadpool) – que já viveu o Lanterna Verde em um fracassado filme solo anos atrás – teria assumido o papel do Gavião Negro, mas isso parece apenas uma piada divulgada por meio de uma “conversa” entre o ator e o protagonista de Black Adam, Dwayne “The Rock” Johnson. (Também existe um rumor de que Reynolds reprisaria o papel de Hal Jordan na Liga da Justiça de Zack Snyder, mas nada está certo).

O Illuminerd, que tem alguns acertos neste quesito de “furos”, afirma que Alexander Skarsgard é o ator favorito para o papel de Gavião Negro. Ele é mais conhecido do público por ter estrelado a série True Blood ao lado de Anna Paquim, mas também apareceu no novo Tarzan e Big Little Lies.

Mas o site diz que o estúdio tem uma segunda opção com o escocês Sam Heughan, que ganhou destaque em The Outlander e Bloodshot. Além disso, o ator é um dos favoritos nas casas de apostas de Londres para ser o novo James Bond, já que o atual titular de 007, Daniel Craig, irá lançar seu último filme em breve (se a pandemia permitir).

Black Adam será focado no Adão Negro, personagem que nos quadrinhos surgiu como um vilão nas histórias dos anos 1940, como um tipo de antecessor renegado do Shazam, e com a mesma fonte de poderes. Vivendo desde os tempos do Egito Antigo, o Adão Negro é extremamente poderoso e tem uma moralidade dúbia. Nas HQs mais recentes, ele é mais interpretado como um anti-herói do que como um vilão clássico e será uma versão diluída (afinal, é o The Rock) disso que veremos.

Johnson descreveu o filme como uma jornada de autoconhecimento de Adão Negro, que quer fazer tudo do seu próprio jeito e vai ter que lidar com as consequências disso; ao mesmo tempo em que o personagem será um tipo de um contraponto ao Superman em termos de representatividade. Pelo o que se sabe até aqui, o Adão Negro terá que confrontar a Sociedade da Justiça (o primeiro grupo de heróis da DC Comics), o que é bem adequado, já que nos quadrinhos foi nas revistas do grupo que o anti-herói emergiu como um grande personagem, nas histórias dos anos 2000, escritas por Geoff Johns.

Isso sugere que a Sociedade da Justiça será retratada como heróis que interpretam que o Adão Negro é um vilão e vão atrás dele, servindo como oponentes, num tipo de estrutura de Hollywood que sugere que irão se unir contra outra ameaça maior no final do filme. Nas HQs da DC, a Sociedade surge nos anos 1940, e a ambientação de Shazam! foi contemporânea, o que coloca a possibilidade de Black Adam se passar tanto no passado quanto no presente.

Já faz algum tempo que o nome de Noah Centineo foi anunciado como o Atom Smasher (Esmaga Átomo), um dos membros da equipe.

Black Adam será dirigido por Jaume Collet-Serra e tem estreia agendada para 22 de dezembro de 2021.

O Gavião Negro (ou Hawkman) foi criado em 1940 por Gardner Fox e Dennis Neville, estreando na revista Flash Comics 01, da All-American Comics, uma subsidiária da National Periodicals, empresa que viraria a DC Comics no futuro. Várias versões do herói circularam na DC ao longo das décadas, sendo as duas mais famosas: Carter Hall, um arqueólogo que usa um cinto antigravidade e asas artificiais para combater o crime (a versão dos anos 1940); e Kater Holl, uma alienígena do planeta Thanagar, que vem à Terra atuar como um herói.

As constantes reformulações cronológicas da DC alternam as duas versões ou as fundem em uma só de uma maneira muito confusa. O herói também é famoso por sua namorada, a Mulher-Gavião, sua parceira de aventuras e uma das primeiras super-heroínas da DC. Um elemento algo constante na história dos personagens é a trama de que eles são um casal “preso” um ao outro por várias vidas consecutivas, como um tipo de maldição de um mago, e morrem e reencarnam de tempos em tempos.