Após seis anos de parcerias nos palcos, a banda Queen irá lançar seu primeiro material completo com o cantor Adam Lambert: um álbum ao vivo com os melhores momentos dessa parceria, que também sairá em vídeo doméstico.

Live Around the World trará performances coletadas ao longo dos últimos seis anos, desde 2014 até um concerto de fevereiro de 2020. A banda anunciou no comunicado que a ideia de disponibilizar o lançamento se deu pelo fato de estarem impedidos de excursionar pelo mundo por causa da pandemia global da Covid-19, e com isso, dar aos fãs uma lembrança do trabalho que vêm desenvolvendo sobre a alcunha Queen + Adam Lambert.

O set list é o seguinte:

Queen + Adam Lambert, ‘Live Around the World’
1. “Tear It Up”
2. “Now I’m Here”
3. “Another One Bites The Dust”
4. “Fat Bottomed Girls”
5. “Don’t Stop Me Now”
6.“I Want To Break Free”
7. “Somebody to Love”
8. “Love Kills (The Ballad)”
9. “I Was Born to Love You”
10. “Under Pressure”
11. “Who Wants to Live Forever”
12. “The Show Must Go On”
13. “Love of My Life”
14. “Bohemian Rhapsody”
15. “Radio Ga Ga”
16. “Ay-Ohs
17. “Hammer to Fall”
18. “Crazy Little Thing Called Love”
19. “We Will Rock You”
20. “We Are the Champions”

Live Around the World sairá em vários formatos, como CD, DVD e Blu-ray, além de pacotes combinando esses formatos e também via streaming e downloads, a partir do dia 02 de outubro pela Hollywood Records.

O Queen se formou em Londres em 1970 e lançou seu primeiro álbum, homônimo, em 1973, chamando desde o início pela voz e performance do cantor e pianista Freddie Mercury, além do reforço de Brian May (guitarra), John Deadon (baixo) e Roger Taylor (bateria). Durante mais de 15 anos, o Queen funcionou como uma usina de força, lançando álbuns incríveis e se tornando em uma das mais populares bandas de rock da história, com a singularidade de ser um grupo que, embora contasse com uma figura icônica, poderosa e carismática como Mercury na linha de frente, era na verdade um combo criativo no qual todos os quatro membros cantavam e compunham, cada qual sendo responsável por alguns dos maiores sucessos da banda.

Para fins práticos, o Queen acabou com a morte de Freddie Mercury, vítima de complicações em torno do vírus HIV, em 1991. Mas os membros remanescentes vêm, desde então, realizando shows com cantores como George Michael, Paul Rodgers e, desde 2012, com Adam Lambert.