Casa dos Maximoff.
Casa dos Maximoff.

O diretor Bryan Singer continua a instigar os fãs com imagens de bastidores de X-Men – Days of Future Past, sequência de X-Men – Primeira Classe, que mostra as origens do supergrupo de heróis mutantes da Marvel Comics levado aos cinemas pela 20th Century Fox. Agora, publicou no Twitter uma imagem da residência da família Maximoff. É o sobrenome usado por Pietro e Wanda, os dois heróis mutantes conhecidos como Mercúrio e Feiticeira Escarlate que descobrem, quando adultos, serem filhos do vilão Magneto.

Dias de um Futuro Esquecido se passará parte nos anos 1970 e pode explorar mais parte do passado de Magneto que ainda não apareceu na franquia dos mutantes da Marvel. Será que o filme mostrará o vilão descobrindo a existência de seus filhos? Ou seus filhos descobrindo que ele é seu pai?

Evans Peters fará Mercúrio no filme dos X-Men.
Evans Peters fará Mercúrio no filme dos X-Men.

Até agora, apenas Pietro Maximoff, o Mercúrio, foi confirmado no filme, vivido pelo ator Evans Peters (de Kick-Ass). Sua irmã Wanda não foi mencionada ainda.

Existe uma polêmica no uso de Mercúrio porque o mesmo personagem terá papel central em Os Vingadores 2, que adaptará a superequipe da Marvel, mas num estúdio rival da Fox, o Marvel Studios.

Nos quadrinhos, Feiticeira Escarlate e Mercúrio surgiram na revista X-Men 04, de 1963, criados por Stan Lee e Jack Kirby. São irmãos gêmeos com poderes mutantes. Na trama, são membros da Irmandade de Mutantes, supergrupo de vilões comandados por Magneto.

Mércurio, o filho de Magneto nos quadrinhos.
Mércurio, o filho de Magneto nos quadrinhos.

Contudo, os irmãos não eram vilões e, em histórias seguintes, terminam se rebelando contra Magneto e buscando asilo político nos EUA. Assim, são convidados para ingressar nos Vingadores, o que ocorre na revista Avengers 15, de 1965, nas mãos da mesma dupla Lee e Kirby. Os irmãos permaneceram como membros dos Vingadores durante muitos anos. Roteiristas exploraram suas origens, fazendo-os pensarem que eram filhos de Django Maximoff, líder de um acampamento cigano da Europa Oriental.

Em 1979, o arco de histórias Cavaleiros de Wundagore, escrito por David Michelinie (com colaboração de Mark Gruenwald e Steven Grant) e desenhado por John Byrne, entre Avengers 181 e 187, a dupla descobre que não é filha de Django Maximoff, mas de uma mulher chamada Magda. Depois, a minissérie Visão e Feiticeira Escarlate, de 1982 (por Bill Mantlo e Rick Leonardi), finalmente revelou que, na verdade, Feiticeira Escarlate e Mercúrio eram filhos de Magneto e não de Django Maximoff, como pensavam.

Talvez, Dias de um Futuro Esquecido use a premissa do filme – viagens no tempo – para explicar parte do passado de Magneto.

Nos quadrinhos, o arco Dias de Futuro Esquecido, escrito por Chris Claremont e John Byrne e desenhado por este último, publicado em Uncanny X-Men 141 e 142, de 1981, mostra um futuro distópico no qual os mutantes são perseguidos e exterminados pelos Sentinelas, gigantescos e poderosos robôs autônomos, o que obriga aos remanescentes dos X-Men a lançarem uma de seus membros de volta ao passado para mudar os eventos que levaram àquele futuro.

X-Men – Days of Future Past é escrito por Simon Kinberg (de X-Men – O Confronto Final) e Matthew Vaughn (de Kick-Ass); e dirigido por Bryan Singer. O elenco traz James McAvoy (Charles Xavier), Michael Fassbender (Erik Lehnsherr/ Magneto), Jennifer Lawrence (Raven/ Mística), Nicolas Hoult (Hank McCoy/ Fera), Patrick Stewart (Xavier velho), Ian McKellen (Magneto velho), Hugh Jackman (Wolverine), Halle Berry (Tempestade), Anna Paquin (Vampira), Ellen Page (Kitty Pryde), Shawn Ashmore (Homem de Gelo), Daniel Cudmore (Colossus), Fang Bingbing (Blink), Peter Dinklage (Bolivar Trask), Omar Sy (Bishop), Adam Canto (Mancha Solar), Booboo Stewart (Apache) e Evans Peters (Mercúrio). As gravações iniciaram em abril de 2013 e o lançamento será em 18 de julho de 2014.

Os X-Men foram criados em 1963 por Stan Lee e Jack Kirby, mas só foram bem-sucedidos comercialmente nos anos 1970, a partir da reformulação idealizada pelo escritor Len Wein e tocada à frente por Chris Claremont, Dave Cockrum e John Byrne. Daí em diante, se tornaram uma das revistas de maior sucesso da Marvel Comics.