avengers_justice_league_duo_by_adamwithers-d39tsncO Twitter está virando um espaço cada vez mais interessante onde as coisas “acontecem”. Depois de uma possível contratação de roteirista para o filme da Batgirl via Twitter, agora, os escritores Jason Aaron (dos Vingadores da Marvel Comics) e Scott Snyder (da Liga da Justiça na DC Comics) sugeriram um crossover entre as duas equipes na rede social.

jason_aaron1
Jason Aaron, escritor da revista Avengers.

Tudo começou com Scott Snyder (famoso por sua aclamadíssima temporada à frente da revista do Batman) elogiando o colega Jason Aaron, que assumiu os Vingadores na editora concorrente. No Twitter, Snyder escreveu:

Ansioso para ver Jason Aaron em Vingadores – vai ser épico!

Então, Aaron foi direto ao ponto nos agradecimentos:

Valeu, amigo! Talvez devêssemos fazer um novo crossover Liga da Justiça versus Vingadores.

scott snyder
Scott Snyder, escritor de Justice League.

Snyder agradeceu:

Eu faria isso com você a qualquer momento, irmão. Bom ver esse fim de semana.

A conversa não passou desapercebida e o próprio Editor-Chefe da Marvel, Alex Alonso, comentou:

Eu também estou. Estamos construindo isso há algum tempo. Espero poder acompanhar.

Muito embora a resposta de Alonso seja dirigida ao primeiro comentário – o elogio a Aaron assumindo os Vingadores – não deixa de ficar uma mensagem dúbia no meio da conversa.

Claro, um encontro dos principais heróis de duas editoras rivais precisa de articulação em esferas bem mais altas de mando, como Publishers, Diretores Criativos e CEOs, mas o aval de um Editor-Chefe não é qualquer coisa.

JLA_Avengers_Promo_001Snyder e Aaron são dois escritores relativamente jovens e que ganharam grande reputação na atual década, produzindo materiais formidáveis, o primeiro no Batman; o segundo nos X-Men. Quem sabe desse mato não sai cachorro?

Embora Marvel e DC sejam rivais comerciais, ao contrário dos fãs, os criadores das duas editoras não atuam de modo conflitivo entre as empresas para além da concorrência saudável. Afinal, muitos dos escritores e desenhistas já passaram de uma para outra ao longo dos anos. O Diretor Criativo da DC Entertainment, Geoff Johns, na verdade começou sua carreira na Marvel e escreveu os Vingadores nos anos 2000; enquanto o Co-Publisher da DC Comics, Jim Lee, também ganhou fama na Marvel Comics no fim dos anos 1980, fundou a Image Comics no início dos 1990 e o selo WildStorm; e por fim, terminou na DC na década atual.

Mas na verdade, nem seria o primeiro encontro entre Vingadores e Liga da Justiça. Sim, as duas equipes já se encontraram nos quadrinhos!

SupermanvsSpider-Man1976
O primeiro encontro Marvel-DC: Superman e Homem-Aranha.

Em 1974, os chefes de redação da Marvel e DC, Stan Lee e Dick Giodano, concordaram em fazer um crossover entre os principais personagens da casa. Os editores Len Wen (Marvel) e Julius Schwartz (DC) entraram em bom acordo – afinal, Wein tinha sido um destacado escritor desta última anos antes, e o acordo saiu do papel, embora não sem rusgas. Foi escolhido um encontro entre Superman e Homem-Aranha para começar, pois eram os personagens mais populares de cada uma das editoras.

Para escrever, foi convidado Gerry Conway, porque até então tinha sido o único que escrevera os dois personagens de modo fixo, e para desenhar foi escolhido Ross Andru, um veterano artista que naquele tempo era o desenhista oficial do Homem-Aranha, mas tinha trabalhado com a Mulher-Maravilha por 15 anos e tinha ilustrado a revista da Legião dos Super-Heróis que contava com algumas participações do Superman e tinha o Superboy como membro. Mas as disputas comerciais e artísticas atrasaram muito a feitura da graphic novel, ao ponto da Marvel contratar o desenhista John Romita para refazer o rosto de Peter Parker e algumas das poses do Homem-Aranha (Romita era o Diretor de Arte da editora e desenhara o Aranha entre 1966 e 1973); e a DC fizera o mesmo com Curt Swan para o Superman e Clark Kent (este era o principal artista do herói na época e já o fazia há 20 anos).

Mas Superman vs. The Amazing Spider-Man foi lançada em 1976 e foi um grande sucesso de vendas, sendo a primeira vez que dois personagens da Marvel e da DC se encontravam na mesma aventura e a primeira vez que uma revista era editada em parceria com as duas empresas. O sucesso motivou outras empreitadas, de modo que entre o fim da década de 1970 e o início dos 80 chegaram as bancas especiais com Batman vs. The Incredible Hulk, uma sequência para o encontro do Superman e Homem-Aranha e The Uncanny X-Men vs The New Teen Titans, que foi o melhor de todos em termos de narrativa propriamente dita.

jla-avengers-crossover-comic-justice-league-factsNo meio disso, também foi armado um encontro entre os Vingadores e a Liga da Justiça, em 1980. O mesmo Gerry Conway – que na época escrevia justamente a revista da Liga – foi chamado para criar a história e escreveu uma premissa básica, mas algumas discordâncias editoriais levaram a sua substituição por Roy Thomas (discípulo direto de Stan Lee, ex-Editor-chefe da Marvel entre 1972 e 1974), que começou a escrever o roteiro e escolheu o desenhista George Perez para o trabalho, afinal além de ser um dos melhores de seu tempo, tinha desenhado as revistas dos Vingadores e da Liga da Justiça. O lançamento da revista foi agendado para o verão de 1983, mas a interferência hostil do então editor-chefe da Marvel, Jim Shooter (que curiosamente iniciou a carreira na DC), terminou inviabilizando a continuidade da empreitada, quando Perez já tinha desenhado 21 páginas.

A coisa foi tão séria que todos os outros projetos de crossover Editorial foram abandonados.

Foram necessários 15 anos para a ideia dos encontros ser retomada, o que foi uma estratégia para ajudar a indústria a sair da crise grave na qual se encontrava, em 1997. O evento Marvel vs. DC, com confrontos entre heróis que pareciam partidas curtas de videogame foi meramente um caça-níquel, mas gerou várias minisséries associadas e até o Universo Amalgama, na qual heróis da Marvel e da DC eram fundidos em um só, criando misturas de Batman com Wolverine, de Homem-Aranha com Superboy, e coisas do tipo.

JLA avengers first meeting by busiek and perezIsso deu origem a uma série de novos encontros entre os personagens da Marvel e da DC (Homem-Aranha e Batman, Batman e Justiceiro etc.) que culminou com JLA vs Avengers em 2004. Desta vez, foi uma minissérie em 4 partes com roteiro de Kurt Busiek e arte novamente de George Perez. Na trama, os vilões Krona e Grão Mestre (sim, aquele mesmo de Thor – Ragnarok, mas em sua versão séria dos quadrinhos) resolvem estabelecer um jogo envolvendo os dois universos paralelos (Marvel e DC) tratados aqui como realidades paralelas.

A minissérie foi um grande sucesso de público e crítica e é um dos melhores crossovers já realizados, com boa narrativa e sem soluções apressadas.

Seria bem interessante ver como as equipes se encontrariam no status atual que desempenham atualmente.