IRON MAIDEN ft Lauderdale 2010Segundo o UOL, a banda britânica Iron Maiden perdeu o processo judicial que sofria, acusando o clássico Hallowed be thy name, de ser um plágio de Life’s a shadow da banda Beckett, de 1974.

O processo já corria na justiça há algum tempo e, por isso, o Maiden era proibido de tocar Hallowed by thy name em seus concertos. No fim das contas, o baixista e principal compositor do grupo, Steve Harris, admitiu o plágio, afirmando que assistiu a um concerto da Beckett em 1973 e que o disco de estreia da banda também britânica é um de seus favoritos. Com isso, o Maiden vai ter que pagar 620 mil euros a Brian Quinn, o compositor da faixa da Beckett.

Hallowed by thy name e Life’s a shadow nem são parecidas, pois esta última é um número de rock progressivo com grandes intervenções sinfônicas, enquanto a primeira é o típico heavy metal tradicional britânico, com versos rápidos e guitarras rítmicas, porém, um dos estrofes é praticamente idêntico em ambas, de modo que a acusação de plágio se dá na letra.

Hallowed by thy name está presente no clássico álbum The Number of the Beast do Iron Maiden, de 1982.