Meses atrás, o mundo nerd ficou em choque com a notícia de que a atriz Allison Mack, famosa por interpretar a personagem Chloe Sullivan, a melhor amiga de Clark Kent em Smallville, série de TV que durou 10 temporadas até 2011, era a líder de uma seita de escravas sexuais que serviam altos executivos de Hollywood, chamada NXIVM, cujo círculo interno era chamado de DOS. Agora, a polícia descobriu outra informação chocante: outra atriz da série também estava envolvida com a seita – Kristin Kreuk, que fazia Lana Lang, o primeiro grande amor do Superman.

Allison Mack, a Chloe Sullivan.

Segundo o Artvoice, agora as autoridades possuem suficientes provas para processar a atriz, que pode ser condenada à prisão perpétua! Mack ainda não foi presa e nem se manisfestou sobre o caso, mas o líder máximo da seita, Keith Raniere, foi preso anteontem, no México, e será deportado.

Segundo o ex-porta voz da DOS, Frank Parlato, a seita chantageava seus membros e os obrigava a atrair mais membros, funcionando como um esquema de pirâmide, mas os punia com palmadas de pá nas nádegas e tatuagens forçadas. Além disso, as mulheres eram forçadas a fazer trabalhos sexuais para terceiros e esta era a tarefa principal de Mack: organizar o trabalho sexual das escravas.

Não está claro qual era o papel de Kreuk na seita, de vítima ou algoz.

Realmente, parece um conto de terror de Hollywood.

Allison Mack nasceu na Alemanha em 1982 e emigrou para os EUA, onde trabalhou como modelo e atriz mirim até chamar a atenção na série de TV 7th Heaven como uma adolescente que se automutilava, antes de ganhar o papel em Smallville.

Kristen Kreuk também nasceu em 1982, no Canadá, e chegou a Smallville como seu primeiro grande papel. Depois da série, estrelou o filme Chun-li, baseado na personagem do videogame Street Fighters, ingressou o elenco de Chuck e protagonizou a série A Bela e a Fera.

[Atualização: Kreuk veio ao Twitter se defender das acusações. Segundo sua mensagem, ela ingressou na NXIVM aos 23 anos, no que considerava uma organização de autoajuda e crescimento pessoal, para combater sua própria timidez, e que teria se afastado da seita cerca de cinco anos atrás, alegando nunca ter feito parte do círculo interno do grupo, ainda mandando uma mensagem de consolo às vítimas. Fim da Atualização].