batman-24-catwoman-preview-2-1001108-667x1024407174728.jpg
Cena do pedido de casamento, em três partes.

Chegou hoje (quarta-feira) às comic shops dos EUA a revista Batman 50 que traz o mais bombástico evento da DC Comics esse ano: o casamento do cavaleiro das trevas com a Mulher-Gato. Veja aqui o que aconteceu!

batman-24-catwoman-preview-3-1001107-974934724.jpgClaro, este post tem MUITOS SPOILERS, então, se não quiser saber o que acontece nas histórias antes delas serem publicadas no Brasil (pela Panini Comics), por favor não siga adiante.

Batman_marry_me_Catwoman
Batman pede a Mulher-Gato em casamento.

Você foi avisado!

Batman-50-cover
Capa da edição de casamento. 

Bom, em primeiro lugar vamos logo acabar com a festa: Batman e Mulher-Gato não casam! Obviamente, os velhos leitores de HQs, mais calejados, já esperavam por isso. (A ponta de dúvida era em relação à crença ou não da DC Comics ter a audácia de promover um golpe publicitário de tal tamanho). Porém, podemos esperar manifestações raivosas dos fãs nas próximas semanas.

Para azar da DC, o barulho já começou antes mesmo desta quarta-feira, na segunda passada, o jornal The New York Times fez o desfavor de antecipar o evento e divulgou em suas páginas a informação do não-casamento. Gerou grande mal estar na internet e até o escritor de Batman 50, o romancista Tom King veio ao Twitter demonstrar sua decepção com a atitude do periódico.

Mas apesar do barulho, o TNYT não dava detalhes do que acontecia. Os detalhes estão aqui!

batman_catwoman_first_kissO jornal tinha adiantado que a decisão final cabia aos dois heróis (ou herói e ladra?) separadamente, cada um escrevendo uma carta ao outro, alegando motivos semelhantes: cada um se dizia apaixonado pelo outro, mas achava que a união não seria benéfica e não se achava capaz de dar ao outro que achava que ele merecia.

Mas a publicação da revista hoje, diz o Bleeding Cool, dá mais detalhes do que acontece e do que está por trás: Selina Kyle, a Mulher-Gato, desiste do casamento, em parte convencida por sua amiga Holly Robinson; e o fim da história mostra que a garota (uma protegida da Mulher-Gato, que a tirou das ruas e lhe deu uma vida melhor) está à serviço de Bane.

batman-50-spoiler-1A cena mostra Molly voltando ao Asilo de Arkham e dizendo que conseguiu seu intento, com Bane afirmando que o plano deu certo e que o morcego está “quebrado”. revelando que seu plano é quebrar o Batman emocionalmente para depois destruí-lo. E não apenas isso: ao seu lado, está um time de vilões, formado por gente como Coringa, Charada, Ventríloco, Hugo Strange e, mais impressionantemente: o Batman do universo gerado por Flashpoint, ou seja, o próprio pai do herói, Thomas Wayne.

Isto deixa implícito que Bane está por trás de todos os eventos que transcorrem na fase de Tom King à frente de Batman, que iniciou na edição 01. É realmente o ponto de virada, pois King tem planos de ficar até a edição 100 do personagem.

Tom King tem feito histórias muito boas do Batman, e apesar do elemento de golpe publicitário da jogada, vamos aguardar os desdobramentos e ver até onde o autor irá levar a trama. Uma nova A Queda do Morcego? Agora, pelo ponto de vista emocional?