O ator Mark Hamill, mundialmente famoso por viver o Jedi Luke Skywalker na saga Star Wars, veio ao Twitter prestar uma homenagem à atriz Carrie Fisher, que faleceu em dezembro de 2016, e vivia a irmã dele na saga, Leia Organa. A homenagem veio no momento em seguida ao anúncio de que Hamill estará de volta para o Episódio IX da saga, cujas gravações iniciam em breve.

No Twitter, Hamill postou algumas imagens suas com Fisher e o comentário:

É algo agridoce encarar meu capítulo final sem ela. Ela é simplesmente insubstituível. Estou encontrando consolo no fato de que ela não será substituída e adoraria a manifestação mundial de carinho daqueles que a amavam, quando ouviram as notícias.

Carrie Fisher sofreu um ataque cardíaco em um vôo Londres/Los Angeles e faleceu vítima das complicações quatro dias depois, aos 60 anos, em 27 de dezembro de 2016, um ano antes do lançamento de seu último filme, Star Wars – Os Últimos Jedi.

O anúncio do Episódio IX diz que a personagem de Fisher, Leia, estará no filme, por meio de imagens não usadas no longa anterior, de modo a poder finalizar o arco dramático de sua personagem, que é a líder da Resistência e mãe do vilão principal, Kylo Ren.

Além de estelar a Trilogia Clássica de Star Wars, teve uma carreira bem sucedida em Hollywood, atuando em filmes como Hannah e suas Irmãs e Harry e Sally (ambos dirigidos por Woody Allen), escrevendo livros e peças de teatro, além de atuar como roteirista para filmes e séries de TV (inclusive, Sex and The City) e ter o papel menos público de write doctor, um tipo de escritor responsável por dar o polimento final nos textos de outros autores, construindo a versão final de roteiros, mas sem ser creditado por isso.

Quando morreu, Fisher estava divulgando sua autobiografia, The Diarist Princess, lançada três meses antes.