O The Wrap revelou que o Besouro Azul terá um filme produzido pela DC Comics e Warner Bros., focado em sua versão latina, Jaime Reyes. Será o primeiro longa protagonizado por um latino feito pela DC Comics.

Jaime Reyes surgiu na saga Crise Infinita, de 2006, e foi o terceiro herói a usar essa identidade.

Não há detalhes da abordagem, nem data de lançamento, mas o roteiro será escrito por Gareth Dunnet-Alcoce.

O Besouro Azul foi criado pela Fox Comics em 1939 e teve suas aventuras publicadas na revista Mystery Men Comics antes de ganhar uma revista própria. Nesta versão, com um uniforme muito parecido com o Fantasma. Aparentemente, o criador dessa versão foi Charles Nicholas Wojtkoski.

Na trama, Dan Garret é filho de um policial assassinado e decide se vingar. Ele usa uma roupa à prova de balas e aumenta sua força com a vitamina 2X. O personagem foi publicado até 1950, quando foi cancelado em meio à crise dos quadrinhos da época, mas ele voltaria a ser publicado a partir 1954, comprado pela Charlton Comics.

Mas em 1964, a Charlton Comics criou uma nova versão do personagem: agora, Dan Garrett (note o “t” a mais) era um arqueólogo que ao encontrar a tumba de um faraó e tocar no amuleto de um escaravelho azul é escolhido pelo espírito de um deus ser o guardião da Terra, ganhando superpoderes como força e vôo. Esta versão foi criada por Joe Gill e Tony Tallarico.

Mas a falta de sucesso fez a Chaltron investir já em outra versão, agora desenvolvida por Steve Ditko, o cocriador do Homem-Aranha ao lado de Stan Lee. Nesta versão, o cientista Ted Kord usa de sua riqueza e tecnologia para combater o crime sem nenhum superpoder. Há uma tênue ligação com o Besouro Azul no fato de Kord ser um aluno de Garrett, assumindo o posto com a morte deste.

O Besouro Azul de Ditko foi publicado entre 1966 e 1968, quando toda a linha de heróis da Chaltron foi cancelada. O personagem permaneceu no limbo editorial até 1983, quando a DC Comics comprou toda a linha.

Foi a partir desses personagens que o escritor Alan Moore criou a saga Watchmen, inicialmente, planejada como a retomada daqueles heróis, mas a visão era tão radical que optou-se por criar novos personagens baseados naqueles. O Besouro Azul virou o Coruja.

A versão de Ditko do Besouro Azul foi introduzida no Universo DC na saga Lendas, de 1987, ingressando na Liga da Justiça, onde foi um dos principais personagens entre o fim dos anos 1980 e início de 90. Por fim, Kord foi morto pelo vilão Max Lord na saga Crise Infinita, de 2006.

Na mesma saga finalmente surgiu a versão Jaime Reyes do Besouro Azul, criada pelo roteirista Keith Giffen ao lado de John Rogers e Cully Hammer. Na trama, Reyes é um adolescente de origem mexicana de El Paso, no Texas, e herda o escaravelho azul, ganhando uma armadura e superpoderes.

Reyes ganhou uma revista própria e quando a DC Comics promoveu o Reboot de Os Novos 52, em 2011, sua revista foi uma dos lançamentos, o que fez sua versão ser a mais bem sucedida entre todas. Ele já foi adaptado como desenho animado algumas vezes e em live action apareceu na 10a temporada de Smallville, em 2011.

houve rumores no passado sobre um filme do personagem, mas parece que agora vai acontecer.